Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 7 de janeiro de 2016 - 05:58


Por que não hoje?

11º Dia do Jejum de Daniel

Toda vez que eu preciso ir ao shopping para comprar algo (coisa que odeio fazer), a pior coisa que pode acontecer, além de o lugar estar lotado, é ouvir do vendedor que aquilo que eu preciso não se encontra em estoque; ou seja, eu precisarei pagar e esperar em casa para receber aquela mercadoria.

Odeio isso! E creio que não sou o único!

Nós vivemos hoje numa sociedade imediatista. Queremos tudo para “hoje”; e em alguns casos, se fosse possível, para “ontem”.

Entretanto, em relação às coisas espirituais, muitos não têm se importado de esperar.

Quantos são aqueles que têm frequentado igrejas há vários anos (incluindo a Universal) e ainda não conhecem a Deus, não foram selados com o Espírito do Altíssimo?

E por que isso acontece?

Porque eles não se importam de sair de uma reunião, de participar de um Jejum de Daniel (como o que acabamos de começar) sem levar para “casa” aquilo que estavam buscando.

Quando Jesus deu a Zaqueu a oportunidade de mudar de vida, Ele usou a palavra “hoje” duas vezes.

Quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, pois Me convém ficar HOJE em tua casa. Lucas 19.5

Zaqueu desceu imediatamente. Ele não deixou para depois. Ele não pediu para Jesus remarcar a data para que ele pudesse dar um jeitinho na casa, comprar uma comida melhor etc.

Ele agiu imediatamente, descendo da árvore com toda a pressa para receber Jesus com alegria.

Já na sua casa, na presença do Senhor Jesus, ele não esperou que alguém lhe dissesse o que fazer, pois o Próprio Espírito Santo lhe falou à consciência.

O que fez Zaqueu?

Novamente ele agiu de imediato. Ele não podia e nem queria perder a tão grandiosa oportunidade que lhe estava sendo dada.

Entrementes, Zaqueu se levantou e disse ao Senhor: Senhor, resolvo dar aos pobres a metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, restituo quatro vezes mais. Lucas 19.8

Ali na hora, na frente de todos, ele assumiu os seus pecados, reconheceu os seus erros e agarrou a oportunidade de receber a maior de todas as bênçãos: a Salvação da alma.

Então, Jesus lhe disse: HOJE, houve Salvação nesta casa, pois que também este é filho de Abraão. Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o perdido. Lucas 19.9,10

Jesus não quer esperar para poder lhe batizar com o Espírito Santo. Ele não quer aguardar para poder lhe salvar.

Ele quer você HOJE!

A pergunta que fica no ar é: Você quer deixar para trás a vida de pecados, as mágoas e os prazeres deste mundo sujo HOJE?

Jesus está (na pessoa do Espírito Santo) neste exato momento dentro da sua casa, assim como Ele esteve na casa de Zaqueu.

E com certeza o que Ele mais quer é dizer: – HOJE ele/ela foi batizado (a) com o Meu Espírito.

Depende apenas de você.


reportar erro