Rede aleluia
Para o Espírito Santo não há regra
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 3 de Fevereiro de 2015 - 11:50


Para o Espírito Santo não há regra

Para o Espírito Santo não há regra

Para muitos que estavam reunidos na presença de Deus, prontos para ouvir a Palavra, Pedro começou a dizer que Deus não fazia acepção de pessoas, e que qualquer um que fosse justo, ou seja, que vivesse pela fé, seria aceito.

Disse também que Jesus Cristo era o Senhor e que foi ungido com o Espírito Santo e Poder para curar e libertar os oprimidos pelo diabo. Que Ele havia morrido e ressuscitado no terceiro dia, e que por meio do Seu Nome
todo aquele que nEle cresse receberia a remissão de pecados.

Foi falando essas coisas que o Espírito Santo foi derramado sobre todos que ouviam a Palavra. Eles não haviam sido batizados nas águas ainda. Mas foram batizados no Espírito Santo, o que prova que eles não apenas ouviram, mas também aceitaram de maneira sincera e verdadeira a Palavra de Deus.

A obediência à Palavra vem depois da aceitação dela. Eu aceito e obedeço; se não obedeço, é porque não aceitei.

Quantas pessoas já se batizaram nas águas várias vezes, e ainda assim não foram batizadas com o Espírito Santo?

O batismo nas águas sem a aceitação da Palavra de Deus não é válido. O Espírito Santo não necessita de uma regra para ser derramado, necessita sim de uma entrega total e completa da vida no Altar, através da obediência.

Nós estamos vivendo o Jejum de Daniel, momento propício para estarmos mais sensíveis à Palavra de Deus, não só para ouvi-la, mas também para obedecer a ela.

Uma vez você se entregando 100% a Ele, na mesma proporção e na mesma intensidade Ele Se entregará 100% a você através do Seu Espírito.

Ainda Pedro falava estas coisas quando caiu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a Palavra. […] Então, perguntou Pedro: Porventura, pode alguém recusar a água, para que não sejam batizados estes que, assim como nós, receberam o Espírito Santo? E ordenou que fossem batizados em Nome de Jesus Cristo. Atos 10.44;46-48


reportar erro