Rede aleluia
O sono da morte
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 30 de junho de 2018 - 00:01


O sono da morte

O sono da morte

Nem sempre o sonho se dá durante a noite de sono. Os que sonham os sonhos de Deus o fazem durante o dia, porque aliam a fé com a razão.

Por outro lado, olhos atentos durante o dia não evitam o sono da morte. É o que tem acontecido com os caídos e teimosos.

Um dia, estiveram de pé. Conquistaram significativas vitórias em várias áreas da vida.

Mas, por um descuido na fé, se deixaram levar pelo sentimento e caíram.

Caíram por questões sentimentais, amor ao dinheiro ou por sentimento ferido. O motivo não vem ao caso…
O fato é que caíram.
Tinham como se levantar? Sim.
Conheciam o caminho? Claro!
E por que não o fizeram?
Orgulho.

O orgulho alimentava a ideia: o que vão pensar de mim? E a minha imagem?

Ou seja, não estavam preocupados por terem entristecido o Espírito de Deus.

Um dos maiores heróis da fé, senão o maior, confessou:

Cosi sobre a minha pele o cilício, e revolvi a minha cabeça no pó. Jó 16.15

Na sua maior dor e aflição, o rei Davi clamou:

Atenta para mim, responde-me, Senhor Deus meu! Ilumina-me os olhos, para que eu não durma o sono da morte. Salmo 13.3

Quem sabe você, minha amiga ou meu amigo, não esteja dormindo o sono da morte por conta do orgulho?

Livre-se dele enquanto você está vivo!
Melhor é viver humilhado do que descer ao inferno cheio de si.

Só o sacrifício é capaz de quebrar o maldito orgulho.
Tenha compaixão, ó meu Deus, dos possuídos do espírito de orgulho.


reportar erro