Rede aleluia
Até o fim…
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 20 de janeiro de 2020 - 00:53


Até o fim…

A jornada ao Monte Sinai e o exemplo de Moisés

Até o fim…

Nossa jornada ao Monte Sinai foi uma experiência maravilhosa, um grande privilégio estar ali, intercedendo pelo povo, pela igreja… Dentre várias coisas que vieram à mente, me lembrei de Moisés e da passagem que diz:

“Era Moisés da idade de cento e vinte anos quando morreu; os seus olhos nunca se escureceram, nem perdeu o seu vigor.” Deuteronômio 34.7

De um ângulo espiritual, Moisés conservou os bons olhos, até o fim, não deixou que nada o fizesse perder o foco ou a disposição em servir a Deus.

Sempre focado nas almas, colocando-se no lugar do povo, intercedendo sem interesse próprio, sentindo a sua dor, fazendo de tudo para levá-lo à Terra Prometida.

Mesmo nos momentos difíceis, quando até mesmo seus irmãos falavam dele pelas costas, ainda assim, Moisés manteve os bons olhos, coração limpo, orou por eles e guardou a fé.

Quando vejo alguns saindo, desistindo, sendo contaminados, fica claro que não seguiram o exemplo de Moisés, pois, em certo momento, perderam o foco, olharam para o ouro, começaram a “orar por si próprios”, tiraram os olhos das almas, deixaram a malícia entrar, seus olhos espirituais escureceram e, sem vigor, pereceram.

 


  • Colaborador: 

  • Bispo Alvaro Lima


reportar erro