Rede aleluia
O verdadeiro significado de parceria em um relacionamento
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Terapia do Amor | 13 de novembro de 2019 - 12:38


O verdadeiro significado de parceria em um relacionamento

O verdadeiro significado de parceria em um relacionamento

A falta de parceria na vida a dois é uma das razões do fracasso no casamento. De acordo com o Bispo Renato Cardoso, por não saberem como colocar essa parceria em prática, muitos casais têm destruído o relacionamento.

No livro de Eclesiastes, o rei Salomão afirma: Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho.” Eclesiastes 4.9

Seja parceiro (a) do seu cônjuge

Mas o que essa palavra significa na prática? De acordo com o Bispo Renato, significa o casal ter o entendimento de que deve procurar o melhor para o relacionamento e não o que é melhor para uma das partes.

Dentro de um casamento saudável não existe “o meu sonho” e, sim, “o nosso sonho”; “nosso objetivo” e, não, “meu objetivo”. Quando um dos cônjuges pensa somente em realizar seus objetivos, sem se importar com o que o outro pensa, certamente acabará sozinho (a).

Unam-se em um só propósito

Mas, quando eles entram em acordo pensando no bem do relacionamento, no que será melhor para ambos, enquanto casal, e se unem num único propósito, o casamento é bem-sucedido e feliz.

No entanto, o Bispo orienta que se não houver acordo e os dois objetivos forem incompatíveis, um dos dois terá que abrir mão para perseguir o objetivo, que será melhor para os dois.

Escolha o melhor para o relacionamento

“’O que é melhor para nós dois?’ Essa é a pergunta que guia o casal que é parceiro de verdade”, explica o Bispo.

“Porque se um cair o outro levanta o companheiro, mas ai do que estiver só; pois caindo não haverá outro que o levante.” Eclesiastes 4.10

Se o seu cônjuge cair, fracassar ou errar em alguma situação, mas mostrar-se arrependido e pedir ajuda, o seu papel como parceiro (a) é levantar e não o jogar para baixo ainda mais.

“Quantos casamentos, hoje, são destruídos por palavras negativas, palavras que matam? Em vez de serem ‘fãs número 1’, um do outro, são críticos ‘número 1’ um do outro”, lamenta o Bispo.

Também se dois dormirem juntos eles se aquentarão; mas um só como se aquentará? E se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa. Eclesiastes 4.11,12

Tirem proveito das diferenças

O Rei Salomão está destacando as vantagens de ser um com a outra pessoa. Pois quando o casal é atacado por problemas externos, se juntam para contra-atacar o problema.  “Não é porque vocês são diferentes um do outro que precisam se irritar por causa da diferença. Tirem vantagens das diferenças. Usem essas diferenças para se tornarem pessoas melhores”, aconselha o Bispo Renato.

Ele destaca que muitos casais têm o hábito de criticar no outro aquilo que não gostam. Homens e mulheres que atacam o parceiro simplesmente porque tem um gosto ou jeito diferente do dele (a).

“Há momentos que você tem de tirar vantagem daquilo, e outros que você tem que fingir que não vê. Não estou me referindo a coisas nocivas, estou me referindo a coisas corriqueiras, gostos pessoais, que não vão mudar. Casais que se encaixam em tudo não existem. Sempre terá alguma coisa que não encaixa e você precisa aprender a conviver com essa diferença”, finaliza o Bispo.

Terapia do Amor

Para aprender mais sobre os segredos para um relacionamento feliz participe da Terapia do Amor que acontece todas as quintas-feiras, no Templo de Salomão e em outras localidades. Consulte aqui o endereço mais perto da sua casa.

 

 

 

 

 


O verdadeiro significado de parceria em um relacionamento
  • Jeane Vidal / Foto: Getty Images 


reportar erro