Rede aleluia
INCOMPATIBILIDADE DE GÊNIOS E OS DOIS TIPOS DE DOR (UM É BOM)
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Renato Cardoso | 10 de julho de 2020 - 13:47


INCOMPATIBILIDADE DE GÊNIOS E OS DOIS TIPOS DE DOR (UM É BOM)

“Incompatibilidade de gênios” parece ser uma explicação coringa para casais que decidem se separar. Porém, essa tal explicação não passa de uma grande farsa. Se fossem tão gênios assim não se separariam…

Eu pelo menos nunca vi um gênio que não sabe se comunicar, respeitar, escutar o outro ponto de vista… Não existe esse negócio de incompatibilidade de gênios.

Maridos e esposas precisam aprender a se comunicarem e a usarem as ferramentas corretas para resolverem os problemas, ao invés de usarem seu sentimentos e ego como escudo de proteção para não se curvar diante do que já sabem que devem mudar!

Saiba mais sobre o assunto assistindo o vídeo acima (17 mins).


reportar erro