Rede aleluia
Homens de verdade não nascem, são feitos
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Renato Cardoso | 22 de abril de 2014 - 21:53


Homens de verdade não nascem, são feitos

Homens de verdade não nascem, são feitos

Ser macho é questão de biologia. Ser homem é questão de escolha e mérito.

Em todas as culturas do mundo, ser homem é diferenciado de ser macho. O macho é simples resultado da natureza. Ele nasceu com um par de cromossomos diferentes dos da mulher. Já o homem não é fruto da natureza mas sim um título que tem que ser ganho por mérito, prova, caráter, força e coragem. De fato, em muitas tribos ainda hoje se pratica o rito de passagem de menino para homem, onde o rapaz tem que provar sua hombridade através de várias provas.
Mas em um mundo moderno, onde o homem já não precisa sair para enfrentar feras, empunhar arco e flecha para defender sua família, quais as condições e testes que o fazem homem? Quando a mulher muitas vezes já não depende dele nem economicamente, qual o seu papel e onde fica o seu valor?
Falamos na semana passada na primeira palestra Homens + Fortes sobre por que os homens estão ficando para trás, parados no tempo, e não têm conseguido acompanhar o passo da mulher. Os desafiamos com um propósito de sete dias a se tornarem homens melhores.
Continuaremos nesta quinta com a segunda parte da palestra. Somente para homens que querem ser melhores e mulheres que não não querem homens fracos.
Estar lá ou não é sua escolha.
 
Veja também:

Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…
 
 


reportar erro