Rede aleluia
Acusar é o “arroz com feijão” do diabo. Cuidado!
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Renato Cardoso | 20 de Janeiro de 2021 - 08:20


Acusar é o “arroz com feijão” do diabo. Cuidado!

Apontar o dedo para alguém e acusá-lo sem fundamento é o “arroz com feijão” do diabo. Isso é uma arma do mal para destruir as pessoas. Então, acusar alguém de algo pode destruí-lo, ainda mais se for falsamente. Muitas pessoas que perderam a reputação foram alvo de mentiras e calúnias. E uma mentira repetida milhares de vezes se torna verdade na cabeça das pessoas.

E o que dizer de quem se sente acusado? Quando alguém de fato erra, o diabo sabe que ele pecou. Todo mundo acha que a pessoa está bem, mas ela mesma não tem paz por causa da acusação. Quantas pessoas estão se preparando para que, no momento que forem descobertas por um erro, possam sumir, desaparecer? Quantas pessoas vivem assim, sem paz, e têm que fingir 24 horas por dia porque têm o acusador na sua consciência?

A própria Palavra de Deus fez questão de deixar em um dos Dez Mandamentos: “não darás falso testemunho contra o teu próximo”. Então, qual deve ser a defesa de todos nós que vivemos em um mundo em que a acusação virou esporte e em que a mídia usa seu poder para acusar uma pessoa e condená-la mesmo antes dos próprios advogados saberem o que está acontecendo? Como devemos agir?

Você tem que saber a diferença entre acusação e condenação. Seja bem cuidadoso ao acreditar em qualquer história e em qualquer acusação feita contra alguém. E guarde seu juízo, espere que Deus lhe mostre a verdade. É como o Senhor Jesus disse: “nada há em oculto que não seja revelado”.

A segunda coisa é que você tem que procurar sempre andar com a consciência limpa, na retidão diante de Deus, porque qualquer razão que você der ao diabo ele vai usar contra você.

E uma terceira coisa: o diabo, acusador, também é mentiroso. Ele vai usar palavras soltas para acusar você e para lhe trazer maus pensamentos. Então nós temos de colocar um filtro na nossa cabeça. Temos de ter certeza do que queremos, de quem somos, do Deus a que servimos e assim rebater todas as acusações que vêm contra nós, na nossa mente.

Lembre-se do que o Senhor Jesus disse em Romanos 8.1: “Portanto agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, os que não andam segundo a carne, mas segundo o espírito.”


reportar erro