Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 15 de outubro de 2019 - 18:50


Voluntários da Universal prestam auxílio a bombeiros em desabamento em Fortaleza

Águas e alimentos estão sendo distribuídos aos profissionais. Saiba mais

Por volta das 10h, um prédio residencial de sete andares desabou no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza, capital do Ceará, nesta terça feira (15). De acordo com a Defesa Civil, ao menos, nove pessoas morreram e sete foram retiradas vivas dos escombros.

Com o desabamento, outros imóveis da redondeza foram afetados e as ruas próximas ao local foram isoladas. No edifício havia apenas 14 apartamentos e a construção apresentava más condições estruturais. “Já era um prédio antigo”, afirmou o tenente João Romário Filho.

Desabamento Fortaleza

“Ele caiu inteiramente na vertical, e isso é um indicativo de problemas de estrutura de pilastra rompendo. Isso faz com que ele caia com essa natureza”, declarou o presidente da Academia Cearense de Engenharia, Victor Frota Pinto, em declaração à imprensa.

Auxílio prestado

Logo que souberam da ocorrência, cerca de 200 voluntários da Universal se deslocaram ao endereço para prestar auxílio ao Corpo de Bombeiros. Água, alimentação e frutas estão sendo levadas aos profissionais. Além disso, voluntários técnicos de enfermagem também têm prestado atendimento de primeiros socorros.

Desabamento FortalezaA coordenadora da base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), de Cajazeiras, Zeneide, afirma que a ajuda dos voluntários chegou em boa hora. “Nossas equipes estão trabalhando incansavelmente pela busca de sobreviventes. A ajuda chegou em boa hora, porque quando eles chegaram nossas equipes não tinham almoçado e estavam com sede”, disse a coordenadora.

Além disso, ela, que não é da Universal, ficou surpresa e grata pelo trabalho social prestado. “Não sou da Universal, mas minha filha tem frequentado há um mês. Inclusive, ela já havia dito que a Universal realizava bastante trabalho social. Então foi algo que me pegou de surpresa. Muito obrigada pelo apoio”, concluiu.

Famílias sendo amparadas

O apoio também tem se estendido aos familiares das vítimas. Roupas, alimentos e, sobretudo, apoio espiritual e emocional estão sendo levados a eles. Para o Bispo Leno, responsável pelo trabalho evangelístico da Universal no Ceará, a ação social é, acima de tudo, uma forma também de levar uma palavra de fé e esperança.

“Em momentos assim, não é só o prédio que vai ao chão, a vida da família, o emocional e espiritual também vão. Por isso, mais do que o amparo social, levamos o apoio espiritual e emocional, pois a fé na Palavra de Deus nos ensina que sempre é possível se reerguer”, afirmou o Bispo.

Ademais, para o Bispo, ações como esta também possibilitam que os voluntários levem a Palavra de Deus às vítimas. “Estamos levando toda ajuda possível. Quando há vítimas e desaparecidos as famílias ficam desesperadas. Apesar de termos um amplo trabalho social, o nosso foco é sempre levar a Palavra de Deus em todos os lugares e em toda situação”, finalizou o Bispo.

Ajude você também 

Cada Universal da cidade se tornou um ponto de coleta de doações. Por isso, se você reside em Fortaleza e também deseja ajudar de alguma forma, leve donativos a um dos templos.

“Estamos aceitando doações de água, roupas e alimentos não perecíveis nas igrejas Universal de Fortaleza e no local da tragédia”, concluiu o Bispo Leno.

Clique aqui para encontrar uma Universal em Fortaleza. 

(*) Atualizado em 17/10, às 9h44


  • Rafaela Dias / Fotos: Cedidas 


reportar erro