Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 23 de março de 2020 - 22:54


Uma reflexão sobre o outro lado dessa pandemia

O tempo que antes você não tinha, agora está à sua disposição. O que você está fazendo com ele?

Alguns dias atrás, a vida corria normalmente. Trabalho, faculdade, casa, igreja. Em meio a tudo isso, ainda tinha que enfrentar o trânsito caótico e o transporte público lotado. E a vida seguia.

Entre um compromisso e outro, você tentava encaixar algumas necessidades: médico, dentista, academia, uma mensagem para aquele amigo que não via há algum tempo (ligação nem pensar, afinal, você não tinha tempo). Uma espiada rápida nas redes sociais e, quando se dava conta, o dia havia chegado ao fim e você ficava com aquela sensação de que tinha deixado muito por fazer.

A rotina nas grandes cidades é tão maçante que reservar um tempo para a família, por exemplo, ou tão somente sentar para fazer uma refeição juntos é um luxo e que poucos podem usufruir.

Aliás, fazia alguns dias que você não conseguia, sequer, ir à igreja, não é? Aos domingos, você está tão cansado que tudo que quer é dormir. “No próximo eu vou”, você costumava dizer.

Então, o “próximo” chegou, mas para sua surpresa, as portas da igreja estavam fechadas. Ainda que quisesse, não poderia ir!

Repentinamente, o cenário mudou e agora você tem tempo sobrando e, ironicamente, não pode usá-lo para fazer aquilo que antes dizia não conseguir por falta dele.

É tempo de buscar a Deus

São tempos difíceis, mas passarão.  Felizmente. Mas, haverá um tempo em que as portas das igrejas  se fecharão definitivamente. Você está preparado?

Podemos escolher olhar tudo isso com olhos espirituais. Considerar tudo o que está acontecendo como um projeto piloto do fim dos tempos. Pois, todos esses acontecimentos servem para termos uma prévia do pavor que tomará conta da humanidade, após o arrebatamento da igreja do Senhor Jesus. Especialmente, da parte daqueles que conhecem a Verdade, mas preferem postergar e negligenciar a própria Salvação.

Por isso, essa pandemia e tudo que ela ocasionou, tem um lado positivo, pois além de estar fazendo as pessoas darem importância às pequenas coisas, aquelas simples, mas que fazem a vida valer a pena.  Mais do que isso, tem feito muitos despertarem na fé e se reaproximarem de Deus.

Muitos que há tempos não dobravam os joelhos para falar com Deus, o fizeram essa semana.

Certamente, todos esses acontecimentos servirão para o avivamento da igreja do Senhor Jesus. Todos os cristãos sairão desse período muito mais fortes, com a fé mais avivada e sedentos da Palavra de Deus.

Passaram-se apenas alguns dias desde que tudo isso começou e já é possível notar as pessoas mais amorosas, menos egoístas, mais solidárias. Uma coisa é  notória: a dor e o sofrimento tornam o ser humano melhor.

Desacelere e avive a sua fé

Então, é momento de reflexão. De desacelerar e olhar em volta. Observar o filho, a mãe, o pai, o irmão, a irmã, a esposa, o marido. Olhar nos olhos dessas pessoas e fazê-las saber que você se importa com elas.

É momento, sobretudo, de avivar a nossa fé e de refletirmos sobre a volta do Senhor Jesus.

Enfim, é momento de nos apoiarmos nesta Palavra:

“Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? (…) Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? (…) Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.” Romanos 8.31-39

Lembre-se: Deus é bom o tempo todo.

Por fim, caso não esteja conseguindo lidar com a situação de pandemia no Brasil e no mundo, você não precisa sofrer sozinho.

Há um inúmeros pastores online, disponíveis 24h por dia e prontos para lhe atender, ouvir seus temores e, sobretudo, dar-lhe uma palavra de fé. Clique aqui e acesse o Pastor Online.


  • Jeane Vidal / Foto: Getty Images 


reportar erro