Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 26 de abril de 2019 - 11:18


Treinamentos ressaltam a importância do trabalho da educadora da EBI

Atividades do grupo são muito importantes para o desenvolvimento da fé de uma criança. Saiba mais

Assim como foi Samuel (1 Samuel 2:21), que conheceu a Deus desde criança, todos os pequenos devem ter a oportunidade de ser apresentados ao Senhor. E, além de cuidar deles, ensinar a Palavra de Deus para as crianças é um dos principais objetivos das educadoras da Escola Bíblica Infantil (EBI). A cada dois meses, elas participam de reuniões e treinamentos que ressaltam a importância do trabalho que cada uma realiza.

 

Recentemente, foi realizado um treinamento especial para as educadoras que cuidam dos pequenos. Principalmente entre a faixa etária de 1 a 3 anos. Aproximadamente 250 monitoras participaram online, por videoconferência, e cerca de 100 da aula presencial na EBI do Templo de Salomão. No local, há bombeiros e uma coordenadora do grupo que é auxiliar de enfermagem.

 

Quem ministrou o curso foram as pedagogas e coordenadoras do grupo, Grazzielli Amaral e Denise Mota. Acompanhadas da coordenadora da EBI em todo o Brasil, Jane Garcia.

 

“O curso tem a finalidade de preparar e proporcionar ferramentas para que as educadoras possam desenvolver um trabalho com maior qualidade. Falamos sobre a criança dos dias atuais, mostrando a responsabilidade que a educadora tem em conhecer a criança para que possa desenvolver um bom trabalho de acordo com a sua realidade”, contou Denise.

 

Além do treinamento sobre primeiros socorros que toda educadora recebe anualmente, elas também aprendem a lidar com as crianças no dia a dia. A observar e compreender as mudanças ocorridas em cada fase delas. Também recebem dicas de como identificar o perfil das crianças. E, ainda, direcionar o trabalho para atender as necessidades de cada uma.

 

Desenvolvimento da fé de uma criança

 

A educadora da EBI é responsável por fazer a criança conhecer a Deus. Para a nutricionista Marina Ionta, de 29 anos, o trabalho do grupo é muito importante para o desenvolvimento da fé de uma criança. Ela que está há 12 anos atuando como educadora da EBI, comentou sobre o seu trabalho.

 

“O curso foi muito proveitoso para o nosso aprimoramento. Falaram sobre como cuidar das crianças, que nessa faixa de idade requerem o máximo de atenção e cuidado. A prestar muita atenção ao receber as crianças e os pertences delas, por exemplo, as mamadeiras. Também ressaltaram como tratar com respeito e educação os familiares. A organizar a sala da melhor maneira possível. Enfim, todos esses cuidados que, às vezes, passam despercebidos e que são de suma importância para o dia a dia do nosso trabalho”, disse.

 

“E os cuidados espirituais também. Sobre como sempre orar com as crianças. Até mesmo com o recém-nascido, pois, ele estará ouvindo a nossa oração a Deus. Para assim, desenvolverem a fé desde pequenos por meio dos ensinamentos da Palavra”, concluiu Marina.

 

A Escola Bíblica Infantil (EBI) atende cerca de 1,2 milhão de crianças entre 0 e 10 anos de idade. Isso, nos 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal. E, em mais 48 países nos continentes africano, americano, asiático e europeu.

 

Para participar das ações do grupo, entre em contato com a Central EBI Brasil. Ou pelo e-mail falecomebibrasil@gmail.com ou WhatsApp (11) 95056-7723. Para mais informações, acesse a página oficial.

 


  • Michele Roza / Fotos: Cedidas 


reportar erro