Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 7 de junho de 2019 - 19:51


Programa social mobiliza 6 mil voluntários para doar sangue

Surto de dengue aumenta busca por plaquetas e derruba estoque de sangue de várias cidades do país.

Segundo o Ministério da Saúde, o número de casos de dengue aumentou 432% em relação ao mesmo período do ano passado. Isso colaborou para que o estoque de sangue caísse drasticamente na maioria dos hemocentros do país, já que nos casos mais graves da doença, o paciente precisa de transfusão de plaquetas.

Para socorrer os bancos de sangue do Brasil, o “Grupo da Saúde”, programa social mantido pela Igreja Universal do Reino de Deus, reunirá cerca de 6 mil voluntários nas principais cidades do país para realizar doações de sangue durante todo o mês de junho.

Em São Paulo, os voluntários iniciarão as doações neste sábado (8). Um dos pontos de coleta na cidade será o Hospital Tatuapé, localizado na zona norte da capital paulista.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, 10 estados e Distrito Federal estão com alta incidência de dengue: AC, DF, GO, ES, MG, MT, MS, PR, RN, SP e TO.

Com as doações, cerca de 24 mil pessoas poderão ser ajudadas, já que uma bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas.

Atualmente, apenas 1,6% dos brasileiros doam sangue.

Quem teve dengue pode doar sangue?

Quem teve dengue não fica impedido de doar sangue, só que a doação só pode ser feita 30 dias depois que os sintomas da doença tiverem ido embora.

Segundo os médicos, no caso de dengue hemorrágica, a espera para doar sangue é de seis meses, pois é o tempo que o organismo leva para se recuperar da queda do nível de plaquetas no sangue.

Quem pode doar?

  • Pessoas entre 16 e 69 anos de idade podem doar sangue. No entanto, aos menores de 18 anos é exigido o consentimento dos pais. Ademais, aqueles que têm acima de 60 anos só poderão fazer a doação caso já tenham feito antes;
  • O doador precisa pesar, no mínimo, 50 quilos e ter um estado bom de saúde;
  • Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação e não estar de jejum;
  • A frequência máxima é de quatro doações anuais para homens e três doações anuais para as mulheres.

E necessário levar um documento de identificação com foto.

Serviço:

Local: Hospital Municipal Doutor Carmino Caricchio

Endereço: Av. Celso Garcia, 4815 – Tatuapé, São Paulo – SP

Data: 08/06/19

Horário: 8h

 

Local: Hospital Regional Osasco

Endereço: Rua Ari Barroso, 355 – Presidente Altino, Osasco – SP

Data: 08/06/19

Horário: 7h

 

Local: Hospital Regional de Presidente Prudente

Endereço: Rua José Bongiovani, 1297 – Cidade Universitária, Pres. Prudente – SP

Data: 08/06/19

Horário: 9h

 

Local: Santa Casa de Limeira

Endereço: AV. Antônio Ometto, 675 – Vila Claudia, Limeira – SP

Data: 08/06/19

Horário: 8h30

 

Local: Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí

Endereço: Rua Primeiro de Maio, 235 – Centro (Sul), Teresina – PI

Data: 08/06/19

Horário: 8h


  • Unicom / Getty Images 


reportar erro