Rede aleluia
Modelo fitness declara sofrer de depressão
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 19 de junho de 2019 - 13:08


Modelo fitness declara sofrer de depressão

A doença tem afetado a vida profissional e sentimental de Juju Salimeni. Entenda o caso

Modelo fitness declara sofrer de depressão

Com toda a certeza, depressão é o assunto do momento. A doença já mostrou que não escolhe quem atingir: pode ser qualquer pessoa. Na maioria dos casos, ela é arrasadora, destruindo todas – ou quase todas – as áreas da vida do ser humano.

Recentemente, uma celebridade confessou ser vítima deste mal que já atinge 322 milhões de pessoas no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). É a modelo fitness Juju Salimeni (foto ao lado) que, além da depressão, enfrenta a síndrome do pânico.

A um blog ela confidenciou que as doenças afetaram seu trabalho, impedindo-a de comparecer a compromissos. Ela se tornou uma pessoa de difícil convivência, o que também fez ruir seu casamento de 14 anos com Felipe Franco.

Além disso, a modelo afirma que a pressão pelo corpo perfeito, da mídia e fofocas também colaboraram para a piora do quadro.

Remédio para a alma

Quando a dor é na alma, não há dinheiro, beleza, status ou qualquer outra coisa que possa trazer alívio. Terapia e remédios podem dar um apoio, claro, mas não conseguem atingir a raiz do problema, que é espiritual.

Valéria Nogueira também viveu anos sofrendo com a depressão. Foi abandonada pela mãe, maltratada no orfanato e molestada durante a infância. Dessa forma, cresceu com mágoa da mãe e uma jovem triste e depressiva.

“Também era agressiva em alguns momentos, como um cachorro machucado. Não tinha perspectiva de ter um marido, uma casa, uma família”, conta.

Saiba como sua vida tomou outro rumo, assistindo o vídeo abaixo:

“Só existe uma forma de curar a alma, e é com a Palavra de Deus. Por isso, você deve ler a Bíblia, pois ela passa a sabedoria, os pensamentos e a inteligência do Senhor. E se você pensar como Ele, irá arrebentar”, orientou o Bispo Edir Macedo, durante encontro em Portugal.

Leia mais: Depressão: Não seja a próxima vítima

A Universal realiza um forte trabalho de combate à depressão. Toda sexta-feira, ao meio-dia, no Templo de Salomão, acontece uma reunião especial para tratar do problema. Se você, um familiar ou amigo sofrem de qualquer problema do tipo, compareça ao encontro que também é realizado às 10h, 15h e 20h.

O Templo fica localizado na Avenida Celso Garcia, 605, Brás, zona leste de São Paulo. Você também pode comparecer a qualquer Universal. Encontre aqui o endereço mais próximo de sua casa.


Modelo fitness declara sofrer de depressão
  • Rafaella Rizzo / Fotos: Getty Images - Reprodução Facebook 


reportar erro