Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 16 de julho de 2019 - 10:37


Maior jornal de Portugal destaca mentira da TVI contra a Universal

Reportagem apresenta entrevista com mãe que admite ter mentido em processo judicial

O Correio da Manhã, jornal de maior circulação de Portugal estampa entre as manchetes desta terça-feira (16) a seguinte notícia: “Mãe biológica diz que foi enganada pela TVI”. Além disso, o site do periódico também destaca a notícia.

A reportagem traz o depoimento de uma mulher chamada Fátima, que alega ter sido enganada pela emissora de televisão TVI e pela jornalista Alexandra Borges, responsável pela série de reportagens “Segredos dos Deuses”, exibida no final de 2017.

Nas reportagens, Alexandra e a TVI afirmavam que a Universal havia participado de rapto e tráfico de crianças. Os casos seriam dos anos 1990 e a Universal teria realizado adoções ilegais de crianças.

Entretanto, todos os processos de adoções em que membros da Universal estiveram envolvidos foram realizados pela Justiça de Portugal. Isso os documentos comprovaram. Uma nova investigação foi realizada entre 2018 e 2019, resultando no arquivamento do processo contra a igreja.

Inegavelmente, as provas da legalidade das ações da Universal são tantas que existem até mesmo assinaturas das mães das crianças dando seus filhos em adoção.

Fátima, a mãe chantageada

O destaque do jornal de hoje traz entrevista com Fátima, mãe de duas das crianças adotadas. Com efeito, ela afirma que quando deu suas crianças em adoção era dependente química. Mesmo tendo assinado os documentos legais, foi coagida pela TVI e por Alexandra Borges a mentir na televisão e nos tribunais.

Segundo Fátima, a emissora de televisão a chantageou. A TVI prometeu um encontro entre a mãe e um dos filhos adotados, a quem não vê há décadas.

“Eu emprestei documentos à Alexandra sem saber para que seriam usados. Também assinei papéis em branco. Mais tarde percebi que esses papéis serviram para abertura de requerimentos judiciais em meu nome”, afirmou Fátima à imprensa. “Estou arrependida de ter cedido à pretensão da TVI.”

Agora, tanto a jornalista quanto a emissora de televisão responderão a processos na Justiça pelas mentiras divulgadas. Saiba mais sobre isso clicando aqui.


  • Andre Batista / Imagem: Reprodução 


reportar erro