Rede aleluia

Notícias | 28 de junho de 2019 - 12:35


Empresário boliviano viu os sonhos afundarem em meio às dívidas

Conheça a história de Mário Acosta, que só conseguiu dar a volta por cima, por meio do sacrifício

Aos 49 anos, o boliviano Mário Acosta desfruta hoje de uma vida abençoada e muito feliz. Ele e sua esposa são proprietários de duas clínicas médicas na cidade de Atibaia e Mairiporã, interior paulista.

Mas, antes de chegarem ao sucesso, eles passaram por muitas dificuldades. Antes mesmo de chegar ao Brasil, Mário conta que veio de uma família bastante pobre e de recursos escassos.

“Vim da Bolívia, da cidade de Santa Cruz de la Sierra, para tentar uma vida melhor. Eu não aceitava a minha situação. Éramos muito pobres, de escassos recursos. Me lembro que, ainda criança, em uma Natal, meu pai não me deu presente e eu chorei muito por causa disso. E eu falava comigo que ‘um dia iria crescer, trabalhar e ter tudo o que eu queria’”, relembra.

Mas, ao chegar ao Brasil, seus sonhos foram barrados pela humilhação e discriminação por ser um estrangeiro. Por aqui, mais tarde, Mário se casou com uma médica e eles até chegaram a montar o próprio negócio, mas acabaram perdendo tudo. Foi assim que ele chegou à Universal.

“Passamos muitas dificuldades na nossa empresa, vimos ela afundar em um curto prazo, a ponto de acumularmos 180 mil reais em dívidas”, enfatiza, lembrando da importância que foi a Fogueira Santa na vida deles, quando se lançaram verdadeiramente no Altar.

Assista ao vídeo abaixo e saiba o que aconteceu na vida Mário após esse episódio:

Oração da meia-noite

De segunda a sexta-feira, às 23h30, o Bispo Renato Cardoso, ao lado de outros bispos e pastores, realiza a oração da meia-noite, na esplanada do Templo de Salomão.

O momento da oração está sendo transmitido ao vivo pela Rede Aleluia de rádio (99,5 FM)Univer Vídeo, pelo Facebook da Universal e no canal da Universal no youtube.

Para saber mais sobre a Fogueira Santa, acompanhe este propósito participando dos encontros diários em uma Universal. Encontre aqui o endereço mais perto de você.


  • Sabrina Marques / Foto: Reprodução 



reportar erro