Rede aleluia

Notícias | 10 de agosto de 2019 - 22:16


Dia dos Pais: a importância da figura paterna

Se você é pai e reconhece que precisa da direção de Deus para ser um bom exemplo para os seus filhos, compareça à Universal neste Domingo

No dia 11 de agosto, celebra-se o “Dia dos Pais” no calendário brasileiro. E o papel desempenhado pela figura paterna tem grande significado no processo cognitivo e cultural de uma pessoa. Por exemplo, um pai pode transmitir crenças, valores morais e experiências para os filhos. Pode orientá-los para o longo caminho da vida, com carinho, sem severidade e adequadamente em cada idade. Pode ser também a principal referência que uma criança tem do arquétipo masculino.

Entretanto, não é esse o cenário geral das famílias na sociedade atual. O que se vê é a presença marcante da irresponsabilidade tanto do pai, quanto da mãe. Pois, muitas crianças são frutos de relacionamentos instáveis, levianos e impulsivos. Nascem de uma troca de olhares em uma festa, por exemplo, seguida de uma entrega que só se importa com o prazer momentâneo.

Depois, tudo vira cinzas. E a criança cresce com um profundo vazio interior, sem saber como lidar com aqueles pensamentos e sentimentos. O resultado: replica na sociedade o que viveu. Assim, este ciclo nunca termina. São gerados mais e mais relacionamentos complicados e famílias desestruturadas.

Nos meninos, a tendência é buscar uma referência masculina para seguir, que pode vir acompanhada de más amizades e criminalidade. Já nas meninas, o efeito aparente pode ser a dificuldade de compreender e se relacionar com a figura masculina.

“Então, é um problema realmente sério, que está no coração dos problemas familiares na nossa sociedade. Um lar onde a figura do pai é fraca ou inexistente, a questão dos filhos fica muito a desejar”, avaliou o Bispo Renato Cardoso sobre o tema, durante a programação “Escola do Amor Responde”.

“O homem tem que entender que se ele tiver uma noite com uma mulher e ela engravidar, ele vai se tornar pai. Mesmo ele não querendo, mesmo ele não estando preparado para aquilo. E aquela criança – mesmo não o conhecendo – terá rancor. Porque, ela não tem culpa. Foi uma consequência daquela noite que ele teve”, acrescentou sua esposa, a autora e apresentadora Cristiane Cardoso.

Cristiane também destaca que, antes de ser pai, ele é o referencial de homem que seus filhos terão. Por isso, é preciso mais do que apenas ser o provedor dentro de casa. “Esse tem sido um dos maiores erros de muitos pais, que pensam que podem continuar sendo pai sem antes serem homens e maridos de verdade!

A importância de ser pai é tão grande que o próprio Deus Se chama de Pai. Ele não Se chamaria Pai se esse papel não estivesse à Sua altura.

O pai é o alfa da família. Ele é o que vai à frente, o que poupa a todos de qualquer problema ou perigo, protegendo sua família com a sua própria vida. Ele também cuida, se sacrifica e se entrega pelo seu ninho! No entanto, veja que para que ele faça esse papel tão importante, primeiro ele precisa focar em fazer tudo isso por sua esposa, a mãe de seus filhos.

“Foi isso que o meu pai fez pela minha mãe, e através dela, se tornou um exemplo de homem, pai, e marido para mim e para a minha irmã”, explica, Cristiane.

Não sou um bom pai, nem um bom marido, e agora, o que fazer?

Diante desse cenário, o mais coerente é começar a fazer o que é certo. Perdoar as mágoas, restabelecer um diálogo de respeito, tornar-se um exemplo e não alimentar os pensamentos e sentimentos ruins.

Por meio da Bíblia, vemos que Deus é o exemplo de pai a ser seguido. Ele é um Pai amoroso que cuida de seus filhos. Assim, também, seja um pai acolhedor e afetuoso em sua família.

Na parábola do filho pródigo (Lucas 15:11-32), por exemplo, vemos que Ele perdoa e recebe em sua casa o filho que erra, sem acusá-lo ou julgá-lo. Do mesmo modo, não alimente as dores do passado de sua família.

Assim como o Altíssimo ouve a oração de Seus filhos, saiba ouvir o que os seus filhos têm a dizer também. Igualmente, Deus demonstra um profundo amor pela igreja. Mostre para a sua família, que apesar de todas as dificuldades, você a ama e deseja o melhor para todos.

São inúmeros os exemplos que o Altíssimo deixou por meio das Escrituras.

Lembre-se do Pai Celestial

Por isso, se você é pai e reconhece que precisa da direção de Deus para ser um bom exemplo para os seus filhos, compareça neste Domingo, às 7h, 9h30 ou 18h, em uma Universal.  Confira o endereço mais próximo de você.


  • Daniel Cruz / Foto: Getty Images 


reportar erro