Rede aleluia

Notícias | 26 de agosto de 2019 - 13:38


Detentos da Bahia participam de curso de reciclagem

Obras desenvolvidas foram, posteriormente, exibidas na “Expo Ambiental” em Valença, no início de junho

O UNP de Valença, na Bahia, ofereceu um curso de reciclagem para os detentos do Conjunto Penal da cidade. Por 8 meses, os alunos foram ensinados a transformar objetos que seriam descartados (como pneus) em peças decorativas e móveis.

“Fizemos parceria com uma artista plástica, que ofereceu as aulas. Conseguimos despertar neles a consciência da preservação ambiental e, além disso, mostrar que suas mãos e mentes podem ser utilizadas para o bem”, explica o Pastor Márcio Silva, responsável pela UNP no estado.

O aprendizado auxiliou no aprimoramento das funções psicomotoras e da criatividade. A autoestima dos reclusos também cresceu após saberem que suas obras fariam parte da “Expo Ambiental” da cidade, no dia 5 de junho último.

“Quinze peças – como mesas de jornal e papelão e peças decorativas de pneus usados –  foram expostas. O clima entre os internos era de muita empolgação e eles já estão na expectativa do próximo projeto: a construção de móveis para a barbearia que será criada dentro da unidade, para oferta do curso de cabeleireiro”, conta o Pastor Márcio.

Objetivo principal

Qualquer atividade encabeçada pela UNP tem, primeiramente, o alvo de levar a Salvação aos reclusos. Desta vez não foi diferente. Ao fim do curso, um dos internos tomou a decisão de se batizar nas águas.

“Antes e depois de cada aula eram realizadas orações e sempre surgiam conversas sobre a Palavra. Foi assim que um deles decidiu se entregar a Deus por meio do batismo. Em seguida, ele foi consagrado a voluntário, para propagar o Evangelho aos outros encarcerados”, conclui o Pastor.

No local, além de reuniões e orações, o grupo também promove cursos de capacitação profissional, palestras, atividades esportivas e cafés para os familiares dos internos e agentes penitenciários.

Curta a página oficial da UNP no Facebook e veja mais ações do grupo pelo Brasil.


  • Rafaella Rizzo / Fotos: Cedidas 


reportar erro