Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Godllywood - Girls | 3 de setembro de 2019 - 06:00


De mãe para mãe: os filhos revelam

Os filhos revelam o que está de bom ou ruim dentro de seus pais…

Querida mãe,

veja a importância de nossas atitudes perante a vida, as atitudes e reações que passamos para nossos filhos.

Eles são como esponja, estão o tempo todo sugando o que vê dos pais, pois assim vão formando a personalidade.

Quando sua reação perante um problema ou uma dificuldade é de equilíbrio e controle, então você mostra o quanto é segura e quanto ele ou ela pode confiar em você.

Quando os filhos têm segurança dentro de casa, eles conseguem ter tranquilidade do lado de fora.

Mas quando não existe diálogo, explicação, ensinamento, então vêm os desentendimentos e confrontos, brigas e gritarias, enfim, vem o desequilíbrio familiar.

As vezes ou quase sempre, os pais vão no automático, no básico e se esquecem que os dias são outros, e que as crianças hoje vivem num turbilhão de informações e modismos, e que precisam muito de conversa e de orientação.

Pense nisso mãe, principalmente você que é a coluna de sua casa. Você é a parte sensível, que enxerga de longe os acontecimentos.

Se dedique a fazer um bom trabalho e não se esqueça que sem Deus nada podemos fazer.
Peça forças e sabedoria à Ele e com certeza você encontrará.
Deus abençoe sua família!


  • Eliana Urbaneja 


reportar erro