Rede aleluia
Como gerenciar sua marca?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 26 de Abril de 2021 - 11:51


Como gerenciar sua marca?

Saiba a importância do branding para que o consumidor conheça o seu produto ou serviço

Como gerenciar sua marca?

Muitos não sabem, mas a marca de uma empresa é peça-chave para o sucesso dela. Por isso, antes de chamar aquele sobrinho ou amigo que manja de internet para ajudar a criá-la, desenvolvê-la ou até modificá-la, talvez seja preciso entender um pouco mais sobre esse assunto e até buscar ajuda profissional.

Para Ricardo Monteiro, gestor de marcas e sócio da DMK Group, empresa especializada em registros de marcas e patentes, a marca é responsável pela percepção que o cliente tem de um produto ou serviço. “Ela transmite os valores e fornece uma identidade ao negócio. A sua marca precisa se identificar e ser coerente com aquilo que você vai trabalhar, vender ou operar, pois vai ajudar a comunicar isso aos seus potenciais clientes e auxiliar como seu público vai enxergar seu produto ou serviço”, explica.

Monteiro avalia que um dos principais erros cometidos pelas empresas é iniciar a gestão e gerir marcas que muitas vezes nem podem usar. “Antes de dar qualquer passo, verifique se você pode utilizar determinado nome em sua marca. A pesquisa é feita por meio do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) e aconselhamos que seja realizada com a consultoria de um profissional. Depois da pesquisa, ocorre um processo que leva ao registro de marca”, diz.

Para Éber Feltrim, especialista em marketing e gestão de negócios e diretor da SIS Consultoria, outro grande erro é que muitos não têm consciência do poder da marca. “Construir uma marca é mais fácil do que a maioria imagina. Administrar a marca já é um pouco mais complexo. Por isso, o mais importante é o que fazemos com a gestão desta marca, chamado de branding, que, certamente, é uma das principais estratégias de marketing para atingir o sucesso.

O branding ajuda a aumentar a competitividade da empresa, tornando-a mais bem-vista e amada pelo público-alvo”, analisa.

O branding, ou brand management, envolve ações relacionadas ao propósito, aos valores, à identidade e ao posicionamento da marca. “Ele trabalha com o conceito de que uma marca precisa ser planejada, estruturada, gerida e promovida. Todos esses processos que englobam fazer a gestão da marca fazem parte desse trabalho. Branding é garantir que seu negócio vai crescer de forma inteligente e duradoura, sempre voltado para o que sua marca é e como quer ser percebida”, afirma Feltrim.

Mesmo em tempos de pandemia é preciso cuidar da marca. “Sua marca precisa estar presente, se mostrar preocupada com a situação atual. Se você personificar sua marca, ela precisa ter um posicionamento em relação ao que está ocorrendo no mercado e no mundo. Como ela pode ajudar? O que ela pretende realizar de diferente? Como vai se comportar? Muitas vezes, o próprio consumidor busca um posicionamento das marcas referente a diversos temas relevantes”, analisa Monteiro.

Contudo, para Feltrim, não existe uma receita para a construção da força da marca. “É um processo que demanda tempo. Planeje, replaneje e mude se necessário. Pesquise a percepção que o mercado tem do seu negócio. Olhe para sua marca como um dos principais ativos de sua empresa. Somente a confie a profissionais da área. Não a entregue para profissionais pouco preparados. Devemos olhar para tudo que envolve a gestão da marca com cuidado, carinho e profissionalismo. Um bom branding é capaz de salvar a sua marca”, conclui.

Se você tem dúvidas de como potencializar sua marca, além de buscar ajuda profissional, participe do Congresso para o Sucesso, que ocorre às segundas-feiras no Templo de Salomão e em todas as igrejas Universal. As reuniões são capazes de mudar sua visão de como buscar soluções unindo a Fé e o propósito do seu negócio.


Como gerenciar sua marca?
  • Eduardo Prestes / Foto: Getty Images e Divulgação / Arte: Eder Santos 


reportar erro