Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 2 de setembro de 2019 - 10:01


A prisão marital e o sucesso no casamento

Atualmente, pelo divórcio estar mais facilitado, as pessoas estão se divorciando por motivos cada vez mais tolos e fúteis. Ao contrário de antigamente, na época em que os cônjuges costumavam lutar mais pelo casamento, fazer os sacrifícios e mudanças necessárias, já que se divorciar era considerado algo vergonhoso. Então, o que essa questão histórica e comportamental tem a nos ensinar hoje?

Aprenda a preciosa lição sobre a “prisão marital”, prática comum para resolver os problemas de casamento no passado, assistindo o vídeo acima (7 mins).

Vale a pena sim, dar um passo a mais para salvar seu casamento.

 

Veja também:

[related_posts limit=”7″]

Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…


reportar erro