Rede aleluia
De mãe para mãe: quando o fruto não amadurece
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Para as adolescentes | 20 de outubro de 2020 - 00:00


De mãe para mãe: quando o fruto não amadurece

De mãe para mãe: quando o fruto não amadurece
“Quando o fruto não amadurece, passa de verde para podre”.

Querida mãe,

temos visto muitas mães se desesperarem com o crescimento de sua filha.

Perde a paciência, o controle e até mesmo o convívio com a filha.

Veja que interessante este ditado: O fruto que não amadurece, passa de verde para podre.

Por isso você precisa deixar sua menina amadurecer e aproveitar esse momento para que dê um bom fruto.

Muitas vezes, você acha que tudo o que ela faz está errado, tudo o que pede não pode, toda e qualquer mudança que ela quer fazer em si mesma é um absurdo.

Não faça isso mãe, você está afastando sua filha de seus conselhos e ensinamentos.

Sabe por que isso acontece? Porque você não está enxergando que ela está mudando de fase.

Quer seja de menina para adolescente ou de adolescente para uma moça cheia de sonhos.

E nós devemos “respeitar” toda e qualquer fase, pois não podemos esquecer que já passamos por isso.

Não faça dessa transição que já não é fácil para elas , se tornar mais difícil ainda com sua falta de compreensão.

Sei que os dias para você deve ser corrido, mas nada impede que você diariamente sente e converse com sua menina, mostre pra ela que não é preciso desespero, rebeldia ou querer ser igual a todo mundo.

Ela é única e precisa, em primeiro lugar se respeitar, guardar princípios e por isso, é tão importante que, nesse momento você a acompanhe de perto nessa fase.

Ensine tudo isso pra ela, e certamente amanhã ela lhe dará muitas alegrias.

Deus abençoe!


De mãe para mãe: quando o fruto não amadurece
  • Eliana Urbaneja 


reportar erro