Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 19 de maio de 2020 - 14:43


Voluntários promovem campanha em hemocentro do extremo leste de São Paulo

Ação aconteceu no Hospital Santa Marcelina. Saiba como foi

Doar sangue é um gesto de amor ao próximo e mais do que isso: salva vidas. No entanto, nos últimos tempos, por conta da pandemia do novo coronavírus, muitos têm deixado de ir aos hemocentros, comprometendo os estoques.

Em São Paulo, por exemplo, os postos de coleta de sangue tiveram uma queda de 30% no número de doadores nos primeiros 10 dias do mês de março último, de acordo com a Associação Beneficente de Coleta de Sangue (Colsan), responsável por atuar na captação e coleta em 11 postos da capital, região metropolitana de São Paulo e cidades do interior.

Preocupação constante

Por tamanha preocupação com os estoques dos bancos de sangue, que têm diminuído consideravelmente nesse período de isolamento social, voluntários do Grupo da Saúde Brasil (GSB) da Universal realizaram mais uma importante ação no bairro de Itaquera, zona leste da cidade de São Paulo.

Seguindo todas as recomendações do Ministério da Saúde, 102 voluntários do grupo da Saúde compareceram nos dias 12, 13 e 14 de maio ao Hemocentro do Hospital Santa Marcelina, extremo leste da capital. A ação durou 4 horas em cada um dos dias e, ao todo, 90 pessoas conseguiram realizar todo o processo de doação.

Maior mobilização

Apesar de ações como essa serem realizadas há mais de 7 anos no local, o Grupo da Saúde tem intensificado as mobilizações neste período de pandemia. De acordo com o Pastor Darleson de Jesus Costa, responsável pelo grupo no local, tem sido muito gratificante contribuir dessa maneira.

“Através dessa doação muitas pessoas foram alcançadas”, comentou o Pastor. Na oportunidade, ele aproveitou para fazer um importante pedido: “eu estendo o convite pra quem nunca doou sangue, a doar nesses próximos dias. Por meio de um doador salvamos em média 4 pessoas”, completou ele.

Ato gratificante

Essa atitude tem contribuído com todos, inclusive para aqueles que se dispõem em se doar pelo próximo, garante o voluntário Emidio da Silva Neto, de 59 anos. “Venho fazendo esse trabalho há 7 anos e é muito gratificante. É um prazer doar”, completou ele.

Para saber mais sobre as ações que os grupos da Universal estão realizando durante a pandemia do novo coronavírus, clique aqui.

Você também pode se tornar um voluntário. Encontre aqui o endereço de uma igreja mais próxima e se informe com o pastor.


  • Débora Picelli / Fotos: Cedidas pelo Grupo da Saúde 


reportar erro