Rede aleluia
Voluntários do Anjos da Madrugada amparam população de rua do Mato Grosso do Sul
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 28 de Outubro de 2022 - 17:45


Voluntários do Anjos da Madrugada amparam população de rua do Mato Grosso do Sul

Serviços gratuitos e donativos foram oferecidos para 40 pessoas

Voluntários do Anjos da Madrugada amparam população de rua do Mato Grosso do Sul

O projeto Anjos da Madrugada realiza ações para amparar a população de rua por meio de doações de refeições, roupas e serviços gratuitos.

No início de outubro o grupo de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, realizou um evento que beneficiou 40 moradores de rua.

O que aconteceu:

Os voluntários entregaram lanches, refrigerantes, kits de higiene pessoal e ofereceram atendimento espiritual.

Os frutos deste trabalho:

Com a ajuda do grupo, Jhonatan de Carvalho dos Santos, de 32 anos, conseguiu sair das ruas.

“Eu estava numa vida tão ruim, mas o projeto me levantou. Saí das ruas, fui morar em uma casa e eles me ajudaram a conseguir móveis, pois eu não tinha nada. Mas o mais importante do grupo é que pregam a Palavra do Senhor. Eu só tenho a agradecer a Deus por ter colocado os voluntários na minha vida”, disse.

Edison Perez, de 37 anos, também saiu das ruas graças à ação do grupo. Hoje ele ajuda a salvar almas que também sofrem nas ruas. “Eu era viciado em drogas, conheci a Deus por meio dos integrantes do projeto. Hoje atuo no projeto e ajudo a salvar almas”, afirma.

Veja mais:

Para ver mais ações do grupo, visite as redes sociais da EVG no Facebook e Instagram.

Ademais, para saber o que o projeto realiza na sua região, vá à Universal mais próxima de sua casa.


Voluntários do Anjos da Madrugada amparam população de rua do Mato Grosso do Sul
  • Rafaella Rizzo / Fotos: Cedidas 


reportar erro