Rede aleluia
Você é uma pessoa fria em seu relacionamento?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 12 de Setembro de 2021 - 23:58


Você é uma pessoa fria em seu relacionamento?

As demonstrações de afeto incluem dar atenção ao outro e perguntar como foi o dia da pessoa

Você é uma pessoa fria em seu relacionamento?

ALINE – Meu namorado e eu estamos pensando em nos casar. Nas poucas vezes em que brigamos, o motivo foi meu comportamento, pois ele diz que sou muito fria em alguns momentos e tenho algum bloqueio que me impede de demonstrar meu amor por ele. Tenho consciência disso, pois fui criada em um ambiente com poucas demonstrações de afeto. Nós nos amamos e planejamos uma vida juntos, mas não sei o que fazer para melhorar isso em mim.

RENATO – Eu entendo você, Aline. Você cresceu em uma família em que não havia demonstração de afeto. Havia afeto, mas não demonstração dele, é diferente. Há famílias em que há afetos, mas não existe demonstração. E existem famílias em que a demonstração de afeto é muito clara, as pessoas dizem “eu te amo” para cá e para lá e o casal dorme abraçado. Eu fui criado em uma família em que não havia demonstração de afeto e isso foi um problema sério em nosso casamento, pois a Cristiane ficava o tempo todo me cobrando e perguntando: “você me ama?” E eu dizia: “já não te falei que te amo semana passada?”

CRISTIANE – Isso pode ser um problema, realmente, mas o Renato aprendeu a demonstrar afeto e hoje ele é carinhoso. Quando a pessoa quer, ela muda, é uma decisão. Não é porque você não teve exemplos de demonstração de afeto que nunca será carinhosa, você só não aprendeu e não sabe como isso é importante em um relacionamento. Antes o Renato não via importância nisso, por isso ele não tentava mudar. Entretanto, se eu deixasse de ser carinhosa, ele sentiria falta. Seu namorado é mais carinhoso, mais afetivo que você, então ele compensa isso no relacionamento. Mas se ele abandonasse esse comportamento, você sentiria falta de afeto. Você precisa entender a importância do afeto no relacionamento. A pessoa que não é carinhosa é fechada e não expressa o que sente, mas como a outra pessoa vai adivinhar? Por mais que existam diferenças de comportamento, acho que as pessoas devem buscar mudar. Você não precisa ser como um chiclete o tempo todo, mas existe um meio-termo.

RENATO – E como você pode resolver isso? Primeiro, eu creio que seu namorado tem que entender que a mudança não vai acontecer imediatamente. Se você não é naturalmente carinhosa, você tem que desenvolver isso.

CRISTIANE – Quando o Renato começou a procurar mudar nosso relacionamento, ele começou a me dar atenção. A pessoa que não é afetiva não dá muita atenção. Ele viu que nosso casamento estava quase terminando e teve de fazer algo, então ele começou a me dar mais carinho.

RENATO – Você nunca vai saber o que é uma coisa se não experimentá-la. Hoje, por exemplo, eu prefiro ser afetuoso, pois que sei o que é isso. Porém, quem não é carinhoso não sente falta disso. Por isso, seu namorado precisa entender que você não vai mudar da noite para o dia. Ele tem que parar de cobrá-la. Você tem inteligência e disposição para fazer um esforço para buscar ser uma pessoa afetuosa. Se você entende que precisa melhorar, vocês vão se acertar. Por outro lado, se você não gosta de ser afetuosa e não quer mudar, então não se case com ele.

CRISTIANE – E você sabe o que é ser uma pessoa carinhosa? Não é ficar abraçando e dando beijo toda hora, não é só isso. Quando você dá atenção e pergunta como foi o dia do outro, você está sendo carinhosa. Quando o marido olha para a esposa, percebe que ela está com frio e dá o casaco a ela, isso é uma forma de carinho.


Você é uma pessoa fria em seu relacionamento?
  • Kaline Tascin - Foto: Getty images 


reportar erro