Rede aleluia
Você conhece a verdadeira riqueza?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 17 de Outubro de 2021 - 00:05


Você conhece a verdadeira riqueza?

Quem tem a visão bloqueada confunde prosperidade com dinheiro. Descubra o que é ser rico nas reuniões que ocorrem às segundas-feiras na Universal

Você conhece a verdadeira riqueza?

A reunião realizada no dia 4 de outubro, no Templo de Salomão, em São Paulo, trouxe grandes revelações sobre prosperidade. Nela, os participantes aprenderam a identificar algumas falsas crenças sobre a riqueza.

O Bispo Renato Cardoso iniciou a palestra explicando que, quando a visão de uma pessoa está bloqueada, ela não consegue ver o que está diante dela. “Isso acontece na vida financeira. Muitas pessoas estão com os olhos, com a visão espiritual, bloqueados. Por isso, você não consegue enxergar uma saída ou não consegue enxergar que talvez a pessoa que está fazendo negócios com você esteja armando algo para enganar você ou que você está prestes a fazer um mau negócio porque sua visão está fechada. Deus é quem abre a visão aos cegos, como está escrito”, disse.

O Bispo pontuou que, se uma pessoa deseja que Deus cumpra a Palavra dEle, precisa aprender antes a manter a palavra em tudo que fizer. Nesse sentido, o Bispo afirmou que a palavra vale mais do que ouro e dinheiro. “Você quer prosperar? Aprenda a ser uma pessoa de palavra, começando com Deus e, depois, consigo mesmo e com as outras pessoas. Se prometer algo a si mesmo, cumpra. Se você disser a si mesmo ‘amanhã vou acordar às seis da manhã’, acorde e levante da cama às seis da manhã.”

QUAL É A SUA ESCOLHA?
Se pudesse escolher, você seria pobre sem o Espírito Santo, pobre com o Espírito Santo, rico sem o Espírito Santo ou rico com o Espírito Santo? Essa questão foi abordada pelo Bispo Renato durante a pregação. Ele afirmou que a alternativa escolhida pela maioria certamente seria a última – afinal, todo mundo quer ser rico materialmente e ainda ter o Espírito Santo. No entanto, antes de fazer essa escolha, você precisa entender Quem é o Espírito Santo, por que Ele é tão importante e o que isso tem a ver com a sua vida material.

Ele ainda esclareceu que quem é rico sem o Espírito Santo tem dinheiro, mas só isso: “é o famoso tão rico que só tem dinheiro ou tão pobre que só tem dinheiro”. Segundo ele, muitas pessoas ricas neste mundo são, na verdade, pobres porque não têm a riqueza do Espírito Santo.

Foco errado
O Bispo alertou que o grande erro da maioria das pessoas dentro da Igreja é buscar as riquezas materiais com mais força do que as espirituais. “Quando você se torna rico materialmente, mas não tem o Espírito Santo, você continua pobre e, pior, com a ilusão de que é rico e que está arrebentando. Ou seja, pior do que o pobre sem o Espírito Santo é o rico sem o Espírito Santo, porque para que ele se converta é muito mais difícil”, advertiu.

Ele comentou ainda que Jesus falou disso, como está descrito em Lucas 18.25: “é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no Reino dos Céus”. Ele ressaltou que isso não significa que a riqueza seja pecado, mas ponderou que a tendência do rico é confiar em sua riqueza, fazer dela o seu deus e que esse é o grande problema.

O Bispo Renato citou ainda as Palavras de Jesus durante uma pregação, quando foi indagado sobre a divisão de uma herança, conforme está escrito em Lucas 12.14-15: “Homem, quem me pôs a mim por juiz ou repartidor entre vós? E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui”.

Ele observou também que o Senhor Jesus separou dinheiro e alma, pois ter os celeiros cheios é diferente de ter a alma salva e a certeza da Salvação. De acordo com ele, muitos só pensam em juntar bens para si, mas a questão é que ninguém será recebido no céu por conta de seu saldo bancário. “Ser rico para com Deus é quando você entende que o bem mais durável que você tem é a sua alma, pois ela é eterna. Quando a pessoa entende o valor da alma, passa a investir nela em primeiro lugar e muito mais naquilo que é eterno do que no que é temporário. Ser rico para com Deus é cuidar da Salvação, blindar a Salvação e ter o Espírito Santo morando dentro de si.”

O Bispo informou que, com a visão de se tornar rico para com Deus, a Universal inaugurou um novo Congresso para o Sucesso. Na ocasião, os participantes receberam a Arca da Aliança e foram convidados a firmar um propósito semelhante ao de Obede-Edom, que, conforme a Bíblia, prosperou ao hospedar a Arca por três meses em sua casa e entender que precisava ter uma Aliança com Deus. Da mesma forma, todos que priorizarem o Espírito Santo nos últimos três meses de 2021 vivenciarão grandes transformações. Se você busca mudanças, participe das reuniões que ocorrem às segundas-feiras na Universal.


Você conhece a verdadeira riqueza?
  • Kelly Lopes / Foto: Getty images 


reportar erro