Rede aleluia

Notícias | 28 de janeiro de 2018 - 02:05


Universal chega a Colúmbia, na Carolina do Sul

Primeiro templo da cidade foi inaugurado no dia 7 de janeiro deste ano

Fundada em 1786, Colúmbia é a capital e a maior cidade do Estado norteamericano da Carolina do Sul, nos Estados Unidos. Foi ali que, às 10 horas do dia 7 de janeiro, um novo templo da Universal abriu suas portas para a população. A reunião inaugural foi realizada pelo bispo Bira Fonseca, atual responsável pelo trabalho evangelístico na região. Na oportunidade, ele fez uma oração especial pelas famílias e em prol da cura e libertação dos presentes. O bispo aproveitou a oportunidade para explicar à população a importância de habitar no Esconderijo do Altíssimo, um lugar de segurança, sob a proteção de Deus. Para isso, ele citou o capítulo 91 do livro de Salmos (versículos 1 a 4).

Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará. Direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nEle confiarei. Porque Ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa. Ele te cobrirá com as Suas penas, e debaixo das Suas asas te confiarás; a Sua verdade será o teu escudo e broquel. Salmos 91.1-4

Auxílio espiritual

As primeiras reuniões começaram a ser realizadas em Colúmbia há seis meses. Na época, os encontros aconteciam em um centro comunitário local. Desde as primeiras reuniões, muitas pessoas sofridas e necessitadas de ajuda espiritual saíram de todas as partes da cidade para aprender a utilizar a fé de maneira inteligente e, com ela, melhorarem suas vidas. Durante as reuniões, muitas pessoas foram curadas ou libertas de seus problemas.

Proteção do Altíssimo

No dia 1º de janeiro de 2018 teve início um propósito de fé que se estenderá até 1º de abril, totalizando 91 dias, para a busca da proteção sob o Esconderijo do Altíssimo. O objetivo é fazer com que este seja um ano de vitórias. Para saber mais procure hoje mesmo a Universal mais próxima de sua casa ou participe de uma reunião no Templo de Salomão, em São Paulo.


  • Por Débora Picelli/ Foto: Cedida 


reportar erro