Rede aleluia

Notícias | 10 de julho de 2016 - 03:05


Raabe visita garotas de programa do Pará

Elas foram convidadas a participar gratuitamente do “Curso da cura interior”

A personagem bíblica Raabe, que inspira o nome do projeto da Universal que apoia vítimas de violência doméstica, foi discriminada por ser prostituta, mas, percebendo o seu real valor como mulher, reencontrou o respeito próprio e passou a ter um papel importante na história da humanidade.

Por isso, o projeto Raabe atua fortemente em prol da valorização da mulher e apoia o início de uma nova vida para aquelas que já sofreram, ou ainda sofrem, com qualquer tipo de discriminação e violência.

Em Belém, capital do estado do Pará, no último dia 28 de junho, 22 voluntárias do projeto visitaram a sede do Grupo de Mulheres Prostitutas do Estado do Pará (Gempac). O grupo, fundado há cerca de 26 anos, acolhe mais de mil prostitutas e visa assegurar melhores condições para as mulheres que se encontram em uma realidade de abandono e preconceito.

O objetivo da visita foi mostrar para as 32 integrantes presentes no encontro que há possibilidade de alcançar uma transformação de vida, por meio da fé. Segundo a coordenadora estadual do Raabe no Pará, Cláudia Lopes, esse tipo de ação tem uma importância muito grande na vida delas.

“Conseguimos mostrar que não estão esquecidas, que têm o seu próprio valor e que o projeto Raabe não só as apoia como as acolhe. Isso é valioso, pois, assim, conseguimos passar a mensagem que elas significam muito para nós e para o Senhor Jesus”, disse.

Após ouvir os testemunhos daquelas que, apesar dos traumas e abusos sofridos, conseguiram se reerguer, elas foram convidadas a participar gratuitamente do “Curso da cura interior”, que, por meio de palestras, orienta as mulheres a superar o passado e a seguir em frente. Após a oração, muitas delas que participaram do encontro decidiram entregar suas vidas a Deus e darem início ao curso.

Ao final do evento, todas as participantes foram presenteadas com kits de higiene pessoal e o livro “Morri para Viver”, de Andressa Urach.

Você quer conhecer o projeto Raabe e saber mais sobre o curso “Curso da cura interior”, acesse a página do grupo http://www.godllywood.com/projetoraabe/ e obtenha informações.

Em São Paulo o curso acontece toda terça-feira, às 19h, no Templo de Salomão, e em Santo Amaro, na Universal da Avenida João Dias, 1.800. Consulte aqui o endereço em outros estados.


  • Da Redação / Fotos: Cedidas 



reportar erro