Rede aleluia
Por que o diabo não o deixa esquecer os seus erros?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 11 de julho de 2020 - 01:43


Por que o diabo não o deixa esquecer os seus erros?

Com esta estratégia, ele está roubando algo em sua vida. Entenda

Por que o diabo não o deixa esquecer os seus erros?

Nesta sexta-feira (10), durante a reunião realizada no Templo de Salomão, em São Paulo , o Bispo Renato Cardoso explicou por qual razão o diabo não quer que as pessoas esqueçam os erros que cometeram e/ou que outros tenham cometido contra elas, mantendo-as presas ao passado.

Isso acontece porque ele trabalha com o passado das pessoas, enquanto Deus trabalha com o presente e o futuro. Como exemplo de como Deus não se importa com o passado, o Bispo citou a passagem de quando o Senhor Jesus libertou a mulher que foi pega em flagrante adultério.

Quando aqueles homens a levaram diante do Messias, dizendo que pela lei de Moisés ela deveria ser apedrejada, e questionando o que Ele achava, Ele respondeu-lhes: “Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela“.

E, vendo que todos, desde o mais velho, até o mais moço, se retiraram, perguntou à mulher:

“…onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou? E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem Eu também te condeno; vai-te, e não peques mais.” João 8.10,11

O Bispo destacou que o Senhor Jesus não se preocupou com o passado dela, nem questionou com quem ela estava traindo o marido, há quanto tempo, nem quantas vezes o traiu. Ao contrário, Ele se preocupou com o seu futuro e, por isso, disse que ela fosse e não pecasse mais.

“Em outras palavras, o que você fez até aqui não vai mudar; eu não te condeno. Se você se arrepende e quer mudar, então, você recebe uma chance de mudar agora. A partir de agora, você recebe a chance de fazer certo, ainda que tenha feito tudo errado até aqui!”, explicou.

Ainda hoje

Esta palavra continua atual. Ainda que a pessoa tenha feito tudo errado até aqui, para isso existe o perdão de Deus e a fé. “A  fé é olhar para a frente, tem a ver com o futuro, a certeza de um futuro melhor. Por isso, o Senhor Jesus está pronto para lhe perdoar e dizer para você: faça certo daqui para frente”, pontuou o Bispo.

Por outro lado, o diabo não quer que a pessoa esqueça seu passado e olhe para frente, mas, sim, que viva olhando para trás e lembrando tudo o que fez de ruim. Ele a faz guardar mágoas das pessoas que erraram contra ela e lembrar – como se fosse um filme em sua mente – das palavras ditas, exatamente como aconteceu, ainda que muito tempo tenha se passado.

Mas por que ele não quer que a pessoa esqueça?

O Bispo Renato explicou que é justamente para a pessoa ficar sobrecarregada de culpa, remorso, maus sentimentos, e assim ele rouba a energia do presente e do futuro, que é onde está a esperança, a vida melhor que Deus tem para ela.

Um exemplo disso é o que acontece no casamento: por não esquecer o erro do cônjuge, a cada situação, o marido ou a esposa fica sempre “jogando na cara” as falhas que o outro cometeu. O diabo inspira, trazendo à memória o mal feito, mas a pessoa executa, reagindo errado.

Cabe a ela decidir não fazer mais o jogo dele e receber, definitivamente, a Palavra do Senhor Jesus de “vá e não peques mais“.

“Você pode ter sido um ladrão, um bandido, uma prostituta, uma adúltera, um traidor, um traído. Você pode ter sido o que for,  Jesus está falando para você começar de novo. Comece agora a vida certa, faça o certo daqui para frente, que Eu estou com você, Eu não te condeno”, declarou o Bispo.

E, lembrou que, se Jesus não te condena, quem é que pode te condenar? Há algum tribunal superior ao Dele?

Assista à reunião na íntegra no vídeo abaixo:

Leia também:

Entenda por que você precisa nascer de Deus

Participe das reuniões

As reuniões já estão liberadas com a capacidade reduzida, em algumas localidades. Além disso, você deve seguir as orientações dadas pelo Ministério da Saúde. Clique aqui e encontre a Universal mais próxima de sua casa.. Se preferir, você também pode acompanhar pela TV Universal.

 


Por que o diabo não o deixa esquecer os seus erros?
  • Núbia Onara / Foto: Getty Images 


reportar erro