Rede aleluia
Pode ficar com raiva, mas você precisa ler e ouvir isso
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 29 de Julho de 2021 - 15:11


Pode ficar com raiva, mas você precisa ler e ouvir isso

Muitas vezes o culpado não é o outro, mas, sim, você mesmo. Entenda

Pode ficar com raiva, mas você precisa ler e ouvir isso

Como você age nos momentos de raiva? Costuma explodir, gritar, discutir e até agredir? Ou implode, fecha a cara, fica em silêncio e brigando com a pessoa em pensamento?

Não importa como a sua raiva se manifeste, seja de forma explosiva ou implosiva, ela trará resultados negativos se você não identificar e lidar com a raiz dela.

Durante o programa Inteligência e Fé desta quinta-feira (29), o Bispo Renato Cardoso explicou que esse sentimento, no fundo, é contra você mesmo. Ou seja, por algo que deveria ter feito, mas não fez.

“Você acha que está com raiva da pessoa que te provocou, do que aconteceu, da situação. Num primeiro momento, realmente, parece que foi culpa dela, mas se você olhar mais a fundo vai aprender que muitas vezes a raiz dessa raiva está em você”, disse.

“Eu quase perdi meu casamento por conta disso. Quando a Cristiane fazia algo que me irritava, eu ficava com a raiva contida dentro de mim, fechava a cara e ficava dias sem falar com ela. Na verdade, a raiva era contra mim, porque não sabia resolver o problema, não sabia ser marido, não sabia dialogar com ela. Tinha raiva de mim mesmo, mas, em vez de resolver esse problema comigo mesmo, era mais fácil descontar nela”, exemplificou.

Resolva com o verdadeiro culpado

Muitos culpam os outros pelo que acontece de ruim, brigam e não se dão conta de que na verdade estão com raiva de si mesmos. No fundo sabem que não estão fazendo o que deveriam.

“É mais fácil apontar o dedo para os erros dos outros do que para si mesmo. É mais confortável, num primeiro momento, mas a longo prazo é doloroso. Você é culpado das suas misérias, não faz o que deveria e se continuar jogando sua raiva em cima de quem te mostra sua falha, vai continuar sofrendo”, afirmou.

Confira a mensagem completa do Bispo Renato Cardoso:

 


Pode ficar com raiva, mas você precisa ler e ouvir isso
  • Rafaella Rizzo / Foto: iStock 


reportar erro