Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 14 de janeiro de 2020 - 13:02


Perdoar pode prevenir infartos

Se você encontra dificuldades em liberar o perdão, participe nesta quarta-feira da “Escola da Fé Inteligente”. Saiba mais

Você imagina pedir perdão para quem lhe ofendeu um dia? Aos olhos de muitos, essa é uma atitude absurda, uma vez que pensam que o perdão significa a aceitação do problema.

Mas, o que muitos desconhecem é que esse ato nada tem a ver com quem fez o mal e sim, com aquele que foi atingido. Quem perdoa é comprovadamente mais feliz, saudável, convive melhor com os outros e ainda previne um infarto.

Algumas pesquisas realizadas na Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos, e em diversos hospitais de referência na Europa mostram que o perdão tem vários benefícios, entre eles está a redução da pressão arterial.

Outra pesquisa sobre o assunto foi apresentada durante o 40º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp), que aconteceu recentemente, nele a psicanalista Suzana Avezum apresentou uma pesquisa que mostrou a relação entre o enfarte agudo do miocárdio, quando a circulação de sangue para uma parte do coração é interrompida, e a dificuldade em perdoar.

A pesquisadora entrevistou 130 pacientes que enfartaram, de 2016 a 2018, e encontrou maior incidência do problema entre aqueles que diziam ter dificuldade para perdoar.

Já a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), no ano de 2019, relatou que 2,8 mil pessoas foram internadas depois de sofrerem infarto do miocárdio. Não foi possível determinar a causa direta de cada infarto, mas, o tema do perdão na saúde é tratado diretamente por médicos desde 2017. Até agora, as descobertas comprovaram, e explicam, que o ato de perdoar age bioquimicamente a ponto de fazer bem ao coração.

“Carregar mágoa, é obrigatoriamente desequilibrar seu sistema imunológico, e se você já tiver uma pré-disposição, uma propensão, vai facilitar o aparecimento de doenças ligadas ao sistema imunológico como o câncer e também pode causar o infarto”, comentou o psiquiatra Isaac Efraim, ao programa “Domingo Espetacular”, da Record TV.

Perdoar faz bem à alma e ao corpo

O Senhor Jesus ensinou sobre o perdão durante a oração do Pai Nosso: “E perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a qualquer que nos deve, e não nos conduzas à tentação, mas livra-nos do mal.” (Lucas 11:4).

A oração Pai-Nosso ensina que se não perdoamos aqueles que nos ofendem, não somos perdoados pelo próprio Deus. Mas quando se entende que o perdão é algo que faz mais bem para si mesmo do que para o outro, você se torna uma pessoa livre que pode mais facilmente amar, cuidar e viver a vida da forma plena e saudável como tem que ser.

Aprenda como perdoar

Todas as quartas-feiras, no Templo de Salomão, localizado na capital paulista, acontece a Escola da Fé Inteligente com a Noite da Salvação. Nesse encontro, os participantes aprendem a extrair da Palavra de Deus aprendizados valiosos para a comunhão com o Altíssimo e também aprendem como perdoar. Você também pode participar em uma Universal mais próxima de sua casa. Confira o endereço.


  • Sabrina Marques / Foto: Getty Images 


reportar erro