Rede aleluia
O que há por trás da história do jovem que caminhava 11km para trabalhar
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 21 de Janeiro de 2021 - 11:54


O que há por trás da história do jovem que caminhava 11km para trabalhar

Jayden Sutton, de 18 anos, saia da escola, no meio da tarde, e andava muito até chegar ao restaurante onde trabalhava

O que há por trás da história do jovem que caminhava 11km para trabalhar

A rotina de Jayden Sutton, de 18 anos, representa a de muitas pessoas que se esforçam para conquistar um objetivo. Diariamente, ele saia da escola, no meio da tarde, e ia direto para o trabalho, um restaurante da Geórgia, nos Estados Unidos. Ele caminhava mais de 11 quilômetros. e, depois de encarar a jornada, de 6 a 8 horas, percorria o mesmo trajeto de volta para casa, já perto da meia-noite.

O jovem estava determinado a trabalhar e ganhar dinheiro para realizar um sonho: comprar seu próprio veículo, uma vez que sua mãe foi recentemente demitida.

Mas, agora, Jayden não precisará mais andar tanto, porque ele ganhou o tão sonhado veículo. Isso aconteceu porque, quando estava no caminho para o trabalho, a história dele se cruzou com a da empresária Lavonda Wright, dona de uma loja de bolos no Condado de Cobb e mãe de um colega de classe de Jayden.

Segundo a rede de TV Fox Atlanta, um dia eles estavam passando de carro na estrada e seu filho reconheceu o rapaz. “Ele estava andando super rápido na estrada e meu filho me parou e disse: ‘Mãe, acho que aquele ali é o Jayden’. Foi quando paramos o carro, demos uma carona à ele e conheci sua história de vida que me comoveu muito. Depois desse dia, iniciei uma vaquinha virtual para ajudá-lo”, conta Lavanda.

As pessoas começaram a enviar doações e Jayden ganhou recentemente o carro. Feliz, ele fez questão de deixar um conselho: “Eu sabia que se tivesse que andar tantos para conseguir realizar um sonho, era isso que eu faria. Então, se você está fazendo algo bom ou tentando alcançar um objetivo, continue fazendo. Você vai conseguir. Foi exatamente o que aconteceu comigo”.

O sucesso não é para os reclamões

A história de Jayden reforça a importância de não desistirmos. Muitas pessoas, infelizmente, já querem começar “de cima”, ganhar tudo “de mão beijada”, ou seja, não aceitam fazer sacrifícios em prol de seus objetivos. Desejam o sucesso, mas não conseguem visualizar o caminho a ser percorrido.

Além disso, por vezes, só enxergam os resultados dos outros. Elas veem, por exemplo, uma pessoa que viaja sempre e querem viajar também, mas não se perguntam o que é preciso fazer para conquistar isso. Porque é impossível conseguir algo relevante com pouco, ou nenhum, esforço.

Caso você seja assim, só enxerga o lado negativo das coisas, reaja. Transforme sua maneira de pensar e batalhe pelos seus sonhos.

Desenvolva a disciplina

Há quem deixe tudo para mais tarde e o mais tarde se torna o dia seguinte que, na verdade, nunca chega. Quanto mais se adia, mais cobrança há sobre a tarefa que precisa ser realizada e, consequentemente, mais insatisfeita a pessoa fica.

Essa atitude se chama “procrastinação”, preguiça para os mais íntimos, rs. Por isso, se uma pessoa deseja conquistar suas metas precisa fugir ou aprender como vencer esse hábito.

Então, se você tem dificuldade para se motivar, planeje seu dia, sua vida pessoal, seu trabalho e estabeleça prazos. Visualize o que quer alcançar e trabalhe, fazendo o que precisa fazer, ainda que não sinta vontade, até terminar o que começou. É um caminho interessante para desenvolver a disciplina.

Porque manter o foco nos objetivos é fundamental para avançar. E não adianta apenas sonhar. Para concretizar metas, é preciso agir.

Se você quer emagrecer, por exemplo, faça uma reeducação alimentar e atividades físicas. Se você precisa de dinheiro para pagar suas contas, trabalhe duro. Se você quer ter uma carreira, se esforce e se dedique. Se você quer amizades verdadeiras, cultive. Se você quer ter um casamento feliz, sacrifique. Se você quer conhecer a Deus, leia a Bíblia. É isso. É simples, mas exige atitude! O resto é mimimi…


O que há por trás da história do jovem que caminhava 11km para trabalhar
  • REFLETINDO SOBRE A NOTÍCIA POR ANA CAROLINA CURY | Do R7 / Fotos: REPRODUÇÃO / INSTAGRAM 


reportar erro