Rede aleluia
O que é preciso para ser um discípulo de Deus
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 27 de Setembro de 2021 - 18:06


O que é preciso para ser um discípulo de Deus

Veja como foi a "Reunião dos Discípulos" do último sábado (25), com a continuação do estudo do livro “Eis-me aqui, Senhor”

O que é preciso para ser um discípulo de Deus

Ainda tomando como exemplo o chamado do profeta Isaías, na página 19 do livro, o Bispo Edir Macedo fala da grandiosidade que é servir ao Deus Altíssimo. Ele chama a atenção para a forma com que Isaías se colocou à disposição de Deus, ao responder a Sua pergunta, mostrando que estava pronto para tudo.

“Se você quer ser um discípulo tem que estar preparado para o que der e vier. Seja você novo, velho, com ou sem experiência, esteja preparado. Fique pronto, o resto Deus faz, Ele só quer que você esteja disponível para Ele. Se você estiver disponível, o resto, a condição, a capacidade, é com Deus, não é com você. Se preocupe em se envolver com as coisas de Deus, com a Palavra de Deus. Esteja mergulhado na vontade de Deus, o resto Ele prepara. Tudo que Deus queria se iniciou dessa maneira. Deus encontrou alguém disposto.  Então, se você estiver disposto não importa o que as pessoas falem de você, Deus Ele vai te usar”, destacou o Bispo Roberto Mauzer.

Humildade e disposição, duas características indispensáveis ao servo

“No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi também ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e a cauda do seu manto enchia o templo. Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam. E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória. E os umbrais das portas se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça.

Então disse eu: Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos. Porém um dos serafins voou para mim, trazendo na sua mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; E com a brasa tocou a minha boca, e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniquidade foi tirada, e expiado o teu pecado.

Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim. Então disse ele: Vai, e dize a este povo: Ouvis, de fato, e não entendeis, e vedes, em verdade, mas não percebeis.” Isaías 6:1-9

Depois de ter tido essa visão, a atitude de Isaías foi de se humilhar, porque ele reconhecia a sua insignificância e sabia que humanamente não tinha condições de estar ali. Essa humildade chamou a atenção de Deus a ponto dEle enviar um anjo para tocar nos lábios dele com uma brasa e remover toda impureza.

O Bispo Mauzer ressalta que é justamente quando a pessoa reconhece a sua pequenez é que o Espírito Santo a escolhe e a usa. “Deus encontrou nele o “Eis-me aqui”. E Deus só pode encontrar o “eis-me aqui” na pessoa que sabe que não tem condição, mas manifesta humildade e disposição.

Deixe Deus decidir onde quer te usar

Naquele período, Deus estava à procura de alguém para enviar ao povo de Israel, que havia se desviado da fé, consequência da arrogância e rebeldia do Rei Uzias que tinha deixado de seguir as leis deixados por Deus a Moisés com respeito ao serviço no templo. Por isso, contraiu lepra.

“Então vamos viver debaixo da direção de Deus. Não vamos arriscar a nossa salvação por nada, por causa do orgulho que o diabo vem e coloca. Não vamos alimentar os nossos desejos, viver a nosso bel prazer, vamos ver qual é a vontade de Deus”, alerta o Bispo Mauzer.

Ele destaca que, obviamente, nem todo mundo tem o chamado de Deus para o Altar. Mas, o importante é nos colocarmos a Sua disposição onde quer que estejamos.  Deus é quem vai decidir onde quer nos usar.  A única coisa que precisamos fazer é dizer: “Eis-me aqui, Senhor, o que o Senhor quer que eu faça?

Clique aqui e assista a Reunião dos Discípulos na íntegra.

 


O que é preciso para ser um discípulo de Deus
  • Jeane Vidal / Foto: Istock e Reprodução 


reportar erro