Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 16 de agosto de 2018 - 00:05


O Deus-Espírito Santo

Quem é Ele e qual a Sua função dentro do plano da Salvação?

Da mesma forma como o Deus-Pai enviou o Deus-Filho e Ele foi rejeitado, também o Deus-Filho enviou o Deus-Espírito e este não foi aceito. O pior é que, da mesma forma como o povo escolhido pelo Deus-Pai, no Antigo Testamento, rejeitou o Deus-Filho, o povo escolhido pelo Deus-Filho, no Novo Testamento, tem feito o mesmo com o Deus-Espírito Santo.

É impressionante como há pessoas que professam a fé cristã, porém, negam o Espírito do próprio Senhor Jesus. Elas consideram a Bíblia como a Palavra de Deus e até adoram o nome do Senhor Jesus e não medem sacrifícios para louvá-Lo; entretanto, a Pessoa do Espírito Santo tem sido desprezada. Mas, quem é o Espírito Santo e qual a Sua função dentro do plano da Salvação?

O Espírito Santo é ao mesmo tempo o Espírito do Deus-Pai e do Deus-Filho, que Se fez, faz e fará sempre atuar dentro dos corações daqueles que têm sido escolhidos por Deus para os Seus propósitos. O Espírito Santo toma posse deles e os capacita para os desígnios de Deus, como foi, por exemplo, o caso de Davi que, ao receber a unção com óleo do profeta Samuel, viu manifestar-se o Espírito Santo, como podemos verificar nesta passagem: “… o Espírito do Senhor se apossou de Davi…” (1 Samuel 16.13). Então, todas as fraquezas dele se transformaram em força e poder.

Tudo aquilo que Davi não podia fazer, por causa da sua incapacidade, passou a ter condições de fazer, porque dentro dele estava o Espírito do próprio Deus. Como Davi, todos os demais homens e mulheres que deram espaço em suas vidas para a manifestação do Espírito Santo através deles, também foram usados de forma exclusiva e extraordinária.

É impressionante como as pessoas têm facilidade para aceitar e se submeter a espíritos de mortos, e não tem a mesma atitude para com o Espírito da única Pessoa que morreu e ressuscitou; realmente os seus olhos estão cegos e seus entendimentos obscurecidos. Até a inteligência delas está enfraquecida, pois não podem compreender o óbvio. Porque a verdade é a seguinte: Por que eu vou receber o “espírito do meu pai” que está morto ao invés de receber o espírito de alguém que está vivo? Quem tem mais valor: o morto ou o vivo? Qual tem mais sentido: um exército inteiro armado até os dentes, morto; ou uma única pessoa, porém, viva?

Ora, o Espírito Santo é exatamente o Espírito do Deus-Pai vivo, prometido pelo Deus-Filho vivo, para viver dentro de cada um de nós, para que assim tenhamos vida eterna tal qual o Deus-Pai e o Deus-Filho têm!

Chega de tantas religiões, filosofias, mandamentos, doutrinas e amarrações mil para o povo! Chega de tanto “lero-lero”! As pessoas, os povos, as nações estão fartas de tantas conversas, eles querem é vida, e nada, absolutamente nada neste mundo pode transmitir isso para o povo, a não ser o Espírito da própria vida! O Deus-Filho disse: “O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.” João 10. 10

Participe do Jejum de Daniel, para que o Espírito Santo venha repousar sobre a sua vida e fazer de você a Sua morada.
De 6 de agosto a 26 de agosto.
(*) Texto retirado do livro “O Espírito Santo”, do bispo Edir Macedo.


  • Bispo Edir Macedo/ Foto: Thinkstock 


reportar erro