Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 28 de março de 2020 - 13:34


O casamento durante a quarentena. Como sobreviver com o cônjuge 24 horas por dia?

Renato e Cristiane Cardoso falam sobre o dia a dia do casal em quarentena

Os escritores Renato Cardoso e Cristiane Cardoso, autores do livro “Casamento Blindado 2.0”, concederam entrevista dando dicas para os casais que, durante essa quarentena, passarão muito mais tempo juntos do que estão acostumados.

Acompanhe a íntegra da entrevista:

Como respeitar o espaço do outro dentro de casa, convivendo 24 horas por dia juntos?

Mais importante do que respeitar o espaço é respeitar a pessoa, que é diferente de você e precisa que você não a condene por isso. Muitos casais se importam com o espaço porque, no fundo, são desrespeitados de outras formas. Um exemplo desse desrespeito é querer tudo na hora dela, sem ter consideração que nem sempre a hora dela é a melhor hora para o outro.

Como evitar brigas durante a quarentena? E como se reconciliar após um atrito?

É de se esperar que haja brigas e desentendimentos durante esse tempo na quarentena. Afinal, é bem estressante não poder sair nem encontrar pessoas. Isso, além do fator econômico, que traz muita insegurança para o futuro da maioria das famílias brasileiras.

Se já esperamos algo de ruim acontecer, nos precavemos contra ele. É assim que lidamos com as brigas: temos de ser compreensivos com o estresse um do outro. E aprender a RELEVAR mais do que QUERER ESTAR CERTO o tempo todo. E, para se reconciliar, nada mais forte do que um “me perdoe” e “da próxima vez, vou procurar agir assim…”.

Qual a melhor maneira para ser mais tolerante e entender o estresse pelo qual o outro está passando?

Entenda que, assim como você tem de ser tolerante com os erros e o estresse do seu parceiro, ele também tem que ser com você. Não pense só em como você se sente ou gostaria de se sentir. Pense em como seu parceiro gostaria de se sentir. Quando pensamos no outro como se estivéssemos pensando em nós mesmos, paramos de ser desagradáveis e nos tornamos pessoas bem melhores.

Como separar trabalho e vida em casal?

Nem sempre é possível separar o trabalho da vida do casal, especialmente quando se trabalha em casa. Então, há de se saber fazer os dois ao mesmo tempo! Se sabemos nos relacionar com as pessoas que trabalham com a gente, por que não saberíamos nos relacionar com quem amamos?

O casal deve trabalhar no mesmo cômodo ou cada um deve ter seu local de trabalho?

Quando o casamento está bem, tanto faz. Quando o casal está de mal um com outro, às vezes nem em outro cômodo dá pra trabalhar. Mais uma vez enfatizamos que o casamento saudável faz tudo mais saudável. E o casamento infeliz faz tudo mais na sua vida se complicar. O casamento é a base da sua vida, que precisa estar bem cuidada e estruturada para que, então, o trabalho, a carreira e todas as demais áreas da sua vida tenham força para crescer.

Quais atividades de lazer os casados podem ter juntos, sem sair de casa?

Eles podem assistir a filmes e a seriados (que não prejudiquem a sua mente) ou conversar. Caso tenham uma varanda, podem pegar sol juntos. Ouvir música, dançar, fazer um jantar à luz de velas, organizar gavetas e armários, assistir à Escola do Amor e às palestras para casais disponíveis pelo Univer Vídeo.

Como tirar pontos positivos da quarentena em casal?

Se o casal aprender a ser compreensivo, relevar e pensar em como fazer o outro feliz, vai sair ganhando dessa quarentena. Afinal, terá sido um momento inesquecível provando que, para investir no casamento, quase nunca é necessário gastar dinheiro.

O isolamento pode ser um momento de conhecer melhor ao outro? Como fazer essa aproximação?

Deveria ser sim. Mas isso depende muito de cada um. Se o casal ficar o tempo todo nas redes sociais, assistindo ao streaming e arrumando coisa pra fazer longe um do outro, esse isolamento pode até causar um afastamento maior. Isso porque nada é pior do que saber que a pessoa que você ama poderia passar tempo com você, mas escolhe passar tempo com tudo, menos contigo. Você se aproxima de alguém quando você se interessa em quem ela é, o que ela gosta e em como agradá-la. Pare de pensar só em você e comece a pensar no seu cônjuge. Isso fará vocês se aproximarem bem mais!

Aprenda mais com os professores

Durante edição especial do programa “The Love School – A Escola do Amor”, neste sábado (28), os professores Renato e Cristiane Cardoso responderam, ao vivo, a perguntas de telespectadores sobre o assunto.

Assista à íntegra do programa no vídeo abaixo:


  • Andre Batista / Imagens: TV Universal 


reportar erro