Rede aleluia
No Brooklyn, em Nova Iorque, voluntários visitam lares de idosos e levam esperança
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 5 de Agosto de 2022 - 15:35


No Brooklyn, em Nova Iorque, voluntários visitam lares de idosos e levam esperança

Pessoas da melhor idade receberam apoio espiritual e emocional, além de ajuda material por meio de doações

No Brooklyn, em Nova Iorque, voluntários visitam lares de idosos e levam esperança

Voluntários do Unisocial realizaram recentemente visitas a lares de idosos e centros de reabilitação no Brooklyn, o bairro mais populoso de Nova Iorque, nos Estados Unidos. As ações aconteceram entre os dias 28 e 30 de julho.

As instituições que receberam a visita do grupo foram:

  • Ditmas Park Nursing & Rehab
  • Bushwick Center for Rehabilitation and Nursing
  • Downtown Brooklyn Nursing and Rehabilitation Center

Qual foi o objetivo desta ação:

Muitos idosos estão cada vez mais solitários e precisam de uma palavra de fé. Por isso, os voluntários do Unisocial levaram a eles apoio emocional e espiritual. O principal objetivo de ações como esta é mostrar o amor que Deus tem para com eles e também falar sobre o cuidado com a alma, para assim enfrentarem os desafios de cada dia.

  • “Os idosos têm sido rejeitados, desamparados e abandonados, até mesmo pela própria família. Precisam do apoio espiritual. A Igreja Universal em todo o mundo e nesse país tem saído para as comunidades para apoiar os idosos”, comentou o Bispo Bira Fonseca, responsável pelo trabalho da Universal em inglês nos Estados Unidos.

Como são as visitas:

Durante as visitas, os voluntários conversaram, cantaram e dançaram com os idosos. Além disso, coloriram desenhos, brincaram com joguinhos e ofereceram serviços como o de manicure. A saber, o Bispo Bira passou uma mensagem de fé aos presentes e todos oraram juntos. Houve também distribuição de presentes e exemplares de livros.

Ademais, os voluntários também levaram ajuda material, por meio de doações de itens de higiene para o dia a dia.

O que disse quem fez parte deste ação:

  • “Muitos residentes dos asilos têm sido negligenciados por seus entes queridos. Perderam a independência, têm deficiências e não podem fazer suas atividades diárias sozinhos. Isso faz com que percam as esperanças e desistam de querer viver. Contudo, nossas visitas — semanais e mensais — os ajudam a se sentir menos solitários. Pois somos como família para eles”, relatou a contabilista Cheryl Jones-Kennedy, de 59 anos, voluntária do Unisocial.
  • “Sou muito feliz de fazer parte deste projeto da Universal. Há 10 anos, Deus nos têm colocado nos asilos e amamos esse trabalho. A meta é a evangelização, a Salvação dessas almas. Oramos por eles. Nós trazemos as boas novas da esperança, amor, fé, perdão e Salvação. Isso ajuda com que saibam que alguém se preocupa com eles”, ressaltou Cheryl.

Trabalho social da Universal:

Saiba mais sobre o trabalho social da Universal pelo mundo, clicando aqui.

(*) Com informações da Universal do Brooklyn


No Brooklyn, em Nova Iorque, voluntários visitam lares de idosos e levam esperança
  • Michele Roza (*) / Fotos: Cedidas 


reportar erro