Rede aleluia

Notícias | 18 de novembro de 2018 - 00:05


Namoro ou faculdade?

No A Escola do Amor Responde desta semana, os professores Renato e Cristiane Cardoso ajudaram uma aluna que está sofrendo com o término de namoro. Ela ama o seu ex, mas terminou porque o pai disse que ela deveria escolher entre estudar ou namorar e que se escolhesse o namoro ele não iria mais ajudar a pagar sua faculdade. Confira os conselhos que o casal deu à aluna.
Aluna – Amo muito o meu ex-namorado, mas, como dependo financeiramente dos meus pais, tive de terminar esse relacionamento, já que o meu pai disse para que eu escolhesse entre a faculdade e o meu namorado. Ele não quer que eu namore enquanto faço faculdade, pois diz que isso atrapalharia os meus estudos. Estou com medo, pois eu e meu ex estamos sofrendo muito com essa separação forçada. Ele tem intenção de se casar comigo, mas disse que também tem de fazer a faculdade primeiro e que o curso dura sete anos.
Renato – Isso é balela e das grandes. Eu não sei o que acontece com pais e mães hoje em dia, pois eles acham que seus filhos são incapazes de estudar e responsavelmente conduzir um relacionamento. Isso é egoísmo, uma falta de visão muito grande dos pais, que, sem saber, estão fazendo um mal terrível aos filhos. Porque como seu pai, Aluna, ele pode proibir ou chantagear você para que não namore, mas ele não pode controlar os seus hormônios. Os pais não podem falar para os hormônios do rapaz de 18 ou 23 anos algo para que ele não tenha vontade de ter relação sexual nem para os da moça para que ela não se apaixone. E, por eles não terem esse controle, bloqueiam os filhos de namorar e casar antes de fazer a faculdade. E, nesse tempo, vão vivendo naquela situação: vendo que todos namoram e têm relações sexuais. Então, por causa dessas proibições, os filhos acabam se envolvendo em relacionamentos sem conhecimento dos pais. Eu fico com raiva dessa visão tacanha que os pais estão tendo hoje. Não existe um ou outro. Qual o problema de ter os dois? Quantas pessoas que vão para a faculdade e são casadas? E dessa forma fazem faculdade realmente para estudar porque
estão tranquilas.
Cristiane – Na faculdade, eles não estão só estudando e esse é o problema. Muitos estudantes ali na faculdade estão indo a festas e ocorrem passeios que são verdadeiras orgias.
Renato – Os pais não estão na faculdade e precisam entender que não é mais como antes. Uma maneira de blindarem os filhos é encorajando-os a se casarem cedo. Se tem algo que ajuda o jovem a amadurecer é o casamento. Mas os pais normalmente preparam os filhos para estudar e ter dinheiro. Graças a Deus o pai da Cristiane teve uma visão diferente e, pelo fato de termos nos casado jovens, nos blindamos de muitos problemas.
Cristiane – É uma questão de sabedoria e inteligência. Os pais estão querendo que os filhos sejam inteligentes, mas isso não quer dizer que serão sábios se tiverem sucesso na carreira. Existem muitas pessoas que estão cheias de diplomas e são ignorantes no amor.
Renato – Você e seu ex-namorado acham que vão aguentar sete anos namorando e não se enrolar? Você tem dois problemas: um é o seu pai que não quer que você namore e outro o fato de seu ex-namorado achar que, para que se casem, ele tem de terminar a faculdade.
Cristiane – Tem um aspecto cultural nisso tudo. Em outro país é o seguinte: os jovens vão para a faculdade, os pais os ajudam, mas os filhos contribuem com as despesas. Ou seja, eles estudam e trabalham e isso traz responsabilidade e amadurecimento.
Renato – Às vezes nem é culpa dos pais, mas da cultura em que estamos inseridos, que determina que em primeiro lugar vem o dinheiro e depois o casamento. Então, se você tiver coragem, vá em frente e faça o que acha que é certo e honre os seus pais. Seu pai pode não gostar que decida namorar e cancelar a faculdade, talvez você tenha de arrumar um emprego, mas lá na frente você poderá honrá-lo com o seu sucesso.


  • Camila Dantas / Foto: Fotolia  


reportar erro