Rede aleluia
“Minha maior riqueza é o Espírito Santo”
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 30 de junho de 2020 - 01:22


“Minha maior riqueza é o Espírito Santo”

Depois de perder tudo, Fernando encontrou na fé a solução para seus problemas. Entenda

“Minha maior riqueza é o Espírito Santo”

Fernando é o caçula de três irmãos. Juntos, eles administravam algumas empresas de transportes e, por isso, tinham uma vida financeira próspera. Mas, toda a condição privilegiada que Fernando tinha na época, o fez se tornar um homem prepotente, orgulhoso e muito nervoso.

“Meu irmão mais velho começou com uma pequena empresa de transporte e o negocio foi prosperando. Então, meu irmão do meio foi trabalhar junto nos empreendimentos e, por último, fui eu. Nesta época, nós tínhamos uma condição de vida diferenciada e, por isso, acabei me tornando uma pessoa prepotente, orgulhosa e eu atribuía isso tudo à minha condição social”, disse.

Mas, após alguns problemas, os irmãos perderam tudo e Fernando se viu em uma situação bem difícil. “Essa foi a parte mais dura da minha vida”, relembra.

Sem encontrar uma solução, Fernando resolveu dar uma chance à fé e foi aí que a sua vida mudou.

“Precisava reverter a situação, então, resolvi procurar ajuda, mas a única porta que eu encontrei aberta e que escutei uma Palavra diferente foi quando cheguei à Universal. Hoje, a minha maior riqueza é o Espírito Santo”, pontuou.

Assista ao vídeo abaixo e saiba como está a vida de Fernando:

Participe das reuniões

As reuniões já estão liberadas com a capacidade reduzida, em algumas localidades. Além disso, você deve seguir as orientações dadas pelo Ministério da Saúde. Clique aqui e encontre a Universal mais próxima de sua casa. Se preferir, você também pode acompanhar pela TV Universal.


“Minha maior riqueza é o Espírito Santo”
  • Sabrina Marques / Foto: Reprodução 


reportar erro