Rede aleluia
Mais de 30 mil pessoas assistem ao filme “Nada a Perder 2” no Soweto
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 15 de Outubro de 2019 - 12:40


Mais de 30 mil pessoas assistem ao filme “Nada a Perder 2” no Soweto

No total, lançamento teve cerca de 74 mil pessoas em toda a África do Sul. Estreia contou também com a presença do ator Petrônio Gontijo. Veja fotos

Mais de 30 mil pessoas assistem ao filme “Nada a Perder 2” no Soweto

A Catedral da Universal no Soweto, uma das principais locações selecionadas para a gravação de cenas de “Nada a Perder 2”, também foi o lugar escolhido para a primeira exibição do longa-metragem na África do Sul. A estreia da segunda parte do filme, que retrata a trajetória do Bispo Edir Macedo e da Universal, contou ainda com a presença do ator Petrônio Gontijo.

“Essa é uma história de adversidades, fé e coragem. Nada do que eu já fiz impactou minha vida tanto como o Nada a Perder 1 e 2. As filmagens foram feitas em locais diferentes, mas o mais significativo foi o tempo que passei filmando no Soweto. Toda a comunidade nos recebeu muito bem, de braços abertos. Isso foi algo que nunca presenciei e que nos tocou, não só a mim, mas a toda a equipe. Estávamos ansiosos para voltarmos para o lançamento do filme e fazer parte dessa comunidade extraordinária. Deus abençoe o Soweto”, declarou o ator ao participar da estreia do filme no país.

No Soweto, o evento teve abertura com o Hino Nacional da África do Sul. Estiveram presentes também nessas exibições especiais representantes de diversas instituições, por exemplo, líderes da tribo Massai (do Quênia) e o diretor-geral da Penitenciária de Pollsmoor (de Cidade do Cabo).

Dezenas de milhares assistem ao filme no país todo

Mais de 30 mil pessoas assistiram ao filme nas exibições especiais realizadas entre 28 e 29 de setembro na Catedral da Universal no Soweto. Outras 42 mil pessoas assistiram nos demais estados do país. Além das exibições nas Igrejas, diversos locais como presídios, escolas, albergues e comunidades carentes receberão sessões especiais do filme “Nada a Perder 2”.

“O lançamento do filme aqui na África do Sul, em especial no Soweto, foi muito significativo. Isso porque o povo se identifica muito com a história do Bispo Macedo. Assim como ele foi perseguido, desprezado, rejeitado, humilhado e ignorado, o povo do Soweto também foi. E quando eles assistem a essa história é como se estivessem vendo o filme da sua própria vida. Como se a cena do filme relatasse passo a passo o que eles enfrentaram. E isso passou a ser uma esperança para eles. Eles entenderam que se usarem a fé inteligente e viverem pela fé, eles também vão vencer, assim como o Bispo venceu”, disse o Bispo Marcelo Pires, responsável pelo trabalho da Universal na África do Sul.

Inspiração para o uso da fé inteligente

A história – tanto do primeiro filme quanto de “Nada a Perder 2” – inspira as pessoas a usarem a fé inteligente. Assim aconteceu com a funcionária doméstica Flora Baloyi, de 55 anos. Ela conta também como foi assistir ao filme na estreia em Johannesburg, a maior cidade da África do Sul.

“Fazer parte desse lançamento foi algo extraordinário. Nunca pensei participar de um evento histórico com esse. Esse é o primeiro filme baseado em uma história real de alguém que conheço e respeito. Ver como o Bispo Macedo venceu as dificuldades me inspirou. Pois, com isso, me fez ver o grande poder de Deus. Assistir a isso em uma tela me fez sentir honrada. É uma memória que sempre terei e compartilharei com meus netos.”

Para saber mais sobre o trabalho evangelístico que a Universal realiza no Brasil e no mundo acesse diariamente o site Universal.org. Aproveite para deixar os seus comentários ao final de cada matéria.

Confira mais fotos da estreia de “Nada a Perder 2” na África do Sul:

Mais de 30 mil pessoas assistem ao filme “Nada a Perder 2” no Soweto
  • Michele Roza / Fotos: Cedidas 


reportar erro