Rede aleluia

Notícias | 2 de fevereiro de 2018 - 02:05


Lizandra sentia ódio do próprio pai

No Jejum de Daniel ela foi liberta desse e de outros sentimentos ruins

Ao longo do propósito do Jejum de Daniel, – que começou no dia 25 de janeiro último, e se encerrará em 14 de fevereiro -, pessoas do mundo inteiro estão se entregando verdadeiramente a Deus e buscando o Espírito Santo.

Com a comerciante Lizandra Saraiva, de 19 anos, não foi diferente. Assim como milhares de pessoas, ela chegou à Universal com um lar destruída. “Meu pai era alcoólatra e agressivo. Ele agredia minha mãe na minha frente e dos meus irmãos. Além disso, desde pequena ele sempre me rejeitou”, lembra ela.

Lizandra conta que, por causa dessa rejeição, nasceu dentro dela o sentimento de ódio por ele. “Ele ameaçava a gente de morte. Dizia que ia colocar fogo na casa com a gente dentro”, completa a comerciante.

Além dos problemas familiares, a jovem também sofria de problemas espirituais. Ouvia vozes e via vultos. No entanto, após chegar à Igreja, ela foi liberta de todos os seus problemas. No entanto, segundo Lizandra, ainda faltava o principal. “Eu ainda tinha um vazio dentro de mim. Foi, então, que veio a proposta do Jejum de Daniel”, conta ela.

Assista ao vídeo abaixo e veja como a determinação de Lizandra fez com que ela recebesse o Espírito Santo:

Você já participou de algum Jejum de Daniel? Deixe o seu comentário abaixo contando as suas experiências durante o propósito e, assim, ajude outras pessoas com o seu testemunho. Participe, também, das reuniões diárias que acontecem na Universal. Clique aqui e localize o endereço de uma Igreja mais próxima de sua casa. Você ainda pode falar agora mesmo com um Pastor Online.


  • Por Débora Picelli / Foto: Reprodução 


reportar erro