Rede aleluia
Jejum de Daniel: o jejum determinado por Deus
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 23 de Agosto de 2022 - 16:37


Jejum de Daniel: o jejum determinado por Deus

Vem aí a nova edição deste propósito especial. Saiba mais

Jejum de Daniel: o jejum determinado por Deus

No dia 28 de agosto, começará o “Jejum de Daniel: o jejum determinado por Deus“. Desta vez, este propósito de fé trará uma proposta diferente.

Atualize-se rapidamente:

  • “Este Jejum de Daniel vai ser diferente de todos os anteriores. Não apenas vai envolver o que normalmente envolve, que é a abstinência das informações seculares que não são necessárias, não agregam ao nosso conteúdo espiritual, mas, também, nós vamos fazer o jejum escolhido por Deus”, explicou o Bispo Renato Cardoso, durante a programação Inteligência e Fé, do dia 23 de agosto.
  • Como está escrito: “Porventura não é este o jejum que escolhi, que soltes as ligaduras da impiedade, que desfaças as ataduras do jugo e que deixes livres os oprimidos, e despedaces todo o jugo?” Isaías 58:6
  • “Ou seja, o jejum que Deus escolheu, que Ele discorre neste capítulo através do profeta, fala que o que mais agrada Deus, que os Seus filhos possam fazer, é exatamente aliviar o jugo, a opressão, a aflição do seu próximo. Quando você procura alcançar a pessoa que está sofrendo ao seu lado (e faz isso não, simplesmente, porque você se compadece dela, mas pela sua fé no Senhor Jesus, como uma responsabilidade cristã), você está permitindo que Deus utilize o seu corpo, a sua vida, para Se mostrar através de você para aquela pessoa”, complementou o Bispo.

O que fazer:

Então, com base nisso, nós vamos deixar que Deus nos use em favor da vida dos que sofrem, dos que estão oprimidos, necessitados. Talvez, você frequente a igreja e esteja tudo bem. Mas, lá fora, há os que estão precisando da presença do Espírito Santo e da direção dEle para suas vidas. Serão 21 dias em que você poderá acrescentar um jejum de alimentos, além de outras atividades para o fortalecimento de sua fé.


Jejum de Daniel: o jejum determinado por Deus
  • Daniel Cruz / Foto: Reprodução 


reportar erro