Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 30 de abril de 2018 - 03:05


Grupo apresenta musical inspirado no filme “Nada a Perder”

As apresentações foram realizadas pela Força Jovem de Del Castilho, no Rio de Janeiro

A história do Bispo Edir Macedo já foi divulgada por meio da literatura e está sendo exibida nos cinemas do Brasil no filme “Nada a Perder”. O grupo Força Jovem Universal (FJU) de Del Castilho, no Rio de Janeiro, no entanto, resolveu fazer diferente e divulgar a história do Bispo por meio de um musical, inspirado no longa.

Nos dias 14 e 15 de Abril, voluntários do projeto Cultura, da FJU, se apresentaram para os membros que saíam da reunião na Catedral de Del Castilho. Os mais de 50 integrantes contaram a história do Bispo ao som da música tema do filme, Marcas da Vida, do cantor Pr Lucas.

Para o Pastor Vinicius Rodrigues, responsável pela FJU de Del Castilho, a ação foi uma oportunidade de incentivar as pessoas a assistir ao filme. “O longa mexeu conosco, por isso, não poderíamos deixar de incentivar outras pessoas a conhecerem essa história de fé também e, principalmente, superação”, declarou o Pastor, que se surpreendeu com a repercussão da ação.

“Foi maior do que esperávamos. Uns nos procuraram para parabenizar, outros se mostravam emocionados com a representação, pois de alguma maneira, se identificaram com a história. Porém, a maioria foi estimulada a assistir ao filme”, afirmou.

Após toda essa repercussão positiva, os planos agora são levar as apresentações para outros lugares, ressalta o Pastor. “O objetivo inicial eram apenas duas apresentações para o público interno. Entretanto, estamos pensando na possibilidade de apresentações externas”.

Assista ao vídeo da apresentação do grupo abaixo:


  • Por Rafaela Dias / Fotos: Cedidas 


reportar erro