Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 24 de abril de 2018 - 03:05


Filme “Nada a Perder” também é sucesso nos presídios brasileiros

Centenas de detentos das prisões masculinas e femininas lotaram os espaços cedidos para assistirem ao longa

O filme “Nada a Perder”, que conta a história real do Bispo Edir Macedo, tem sido sucesso de público em todo o país. Desde a sua estreia, mais de 6 milhões de pessoas já assistiram ao longa. Famosos, anônimos, idosos, jovens e até mesmo os índios tiveram a oportunidade de conhecer a história do surgimento da Universal e da vida do protagonista.
A oportunidade de assistir ao filme também foi dada para quem atualmente vive atrás das grades. Recentemente, voluntários do grupo Universal nos Presídios (UNP), juntamente com o projeto “Cinema Solidário” – que leva o filme “Nada a Perder” às penitenciárias, comunidades remotas, orfanatos e casas de repouso -, montaram uma estrutura como a de um cinema nos presídios masculinos e femininos de Belo Horizonte (Minas Gerais), Rio de Janeiro, Fortaleza (Ceará), São Paulo, Distrito Federal e em Vila Velha (Espírito Santo), para que todos os reclusos pudessem assistir ao filme.
Mais de 1,5 mil reclusos destas localidades assistiram ao longa, com direito a pipocas, refrigerantes, risadas e muita emoção. Veja no vídeo abaixo alguns desses momentos:


UNP: Um trabalho evangelístico de fé
Há mais de três décadas, a Universal realiza um trabalho de evangelização nas unidades prisionais de várias partes do Brasil, com o objetivo de levar aos que vivem atrás das grades apoio social e espiritual, e também auxílio aos familiares dos detentos.
Se você deseja conhecer mais sobre o trabalho que os voluntários do UNP realiza, acesse a página oficial do grupo no Facebook, clicando aqui.


  • Por Sabrina Marques / Fotos: Cedidas 


reportar erro