Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 12 de janeiro de 2020 - 00:05


Fé ou Emoção: Qual tem sido a sua base?

Diante das dificuldades, muitas mulheres tomam atitudes baseadas em sentimentos e eles prejudicam suas vidas

Quando se encontram diante de situações difíceis, as pessoas podem reagir de duas formas: com base na emoção ou na Fé, ou seja, na razão. Ocorre que, normalmente, as mulheres são mais sensíveis e sentimentais do que os homens e, por isso, é comum que suas condutas e atitudes sejam pautadas nos sentimentos. Contudo isso pode ser perigoso e prejudicial às suas vidas e até às pessoas que estão ao seu redor.

A emoção é gerada e comandada pelo coração, órgão muito perigoso que leva para um caminho malsucedido, como está escrito no livro bíblico de Jeremias 17.9: “enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?” Diante dos problemas e de notícias ruins o coração manda o sinal para ficarmos desesperadas e preocupadas. Daí surgem os maus pensamentos. É nesse momento que muitas mulheres têm atitudes erradas e acabam piorando ainda mais a situação que estão vivendo. Quantas vezes você, por exemplo, falou ou fez algo baseado na emoção e se arrependeu? No entanto aquela consequência poderia ter sido evitada se sua reação tivesse sido apoiada na Fé.

Diferentemente da emoção, a Fé inteligente lhe faz pensar antes de tomar qualquer atitude. Dessa forma, você não fica desesperada nem toma decisões precipitadas. Ao contrário, você confia que Deus vai ajudá-la, como está descrito em Deuteronômio 31.6: “não temais e nem vos espanteis diante deles; porque o Senhor teu Deus é o que vai contigo; não te deixará nem te desamparará.” Agindo dessa maneira, você consegue lidar sabiamente com a situação e, dessa forma, alcança a solução que precisa.

Agir pela fé
Por muito tempo, a estudante de jornalismo Nadjane Borges, (foto abaixo) de 23 anos, colheu as más consequências das ações que adotava baseada na emoção. “Eu tomava decisões precipitadas sem pensar e alimentava pensamentos que me levavam a fazer a minha própria vontade.

Porém vivia frustrada porque as coisas não aconteciam como eu pensava. Isso me afetava até fisicamente e cheguei a passar mal com a irritação que tinha”, diz.

Depois de ter sido prejudicada por seguir seu coração, Nadjane mudou a forma de lidar com ele. “Frequentando as reuniões da Universal, aprendi que o segredo é usar a Fé inteligente. Hoje as coisas dão certo porque coloco tudo antes nas mãos de Deus e confio que Ele está cuidando e que dará certo no final, mesmo diante dos obstáculos”, conclui.

Quanto a você, leitora, reflita de que forma tem agido diante dos acontecimentos: com a emoção que lhe prejudica bastante ou com a Fé e a sabedoria que vêm do Alto? Se reage com emoção, comece a reagir com Fé e verá quantos bons resultados terá em sua vida.


  • Camila Teodoro / Fotos: Getty Images e arquivo pessoal 


reportar erro