Rede aleluia

Notícias | 10 de outubro de 2019 - 12:05


“Entrelinhas”: traumas que bloqueiam a sua vida

Eles podem desencadear ansiedade e depressão. Conheça a história de Patrícia e saiba o que aconteceu com ela depois de sofrer um abuso na infância

Um abuso, uma perda, uma experiência devastadora, uma situação inesperada, uma sentença de morte. Diversos são os motivos que podem causar um trauma na vida de uma pessoa. Dependendo da situação são desencadeados sintomas como a ansiedade e a depressão.

Muitas vezes, os casos de traumas nos adultos são reflexos daquilo que sofreram ainda na infância. A pessoa passa a reviver a dor, o medo e a angústia e não consegue seguir adiante com a vida pessoal, afetiva e profissional, até mesmo sabotando o seu próprio sucesso.

Frente aos problemas e bloqueados por traumas do passado, alguns escolhem o silêncio e o isolamento, enquanto outros buscam por ajuda. Mas, e quando todos os recursos encontrados não surtem efeito? O que fazer?

Culpa e medo

A professora Patrícia Bueno é um exemplo de uma pessoa que cresceu consumida por sentimentos de culpa e medo, e que sofria calada.

Patrícia foi molestada dos 6 aos 10 anos de idade por um parente próximo que frequentava a sua casa. Ao longo do tempo, ela se refugiou nos estudos. Era uma estudante exemplar, mas muito insegura. Não confiava na própria capacidade. Na adolescência, ao entender o que tinha acontecido consigo na infância, passou a sentir raiva do agressor. Seu comportamento mudou.

Ela começou a mostrar traços de rebeldia, inclusive com a família. Até que aos 22 anos, ela conseguiu falar pela primeira vez sobre o trauma, para a mãe. Já adulta, no auge da depressão, desistiu de dar aulas e optou por viver trancada em um quarto. Dominada por um vazio interior, Patrícia desejava morrer. Nem os tratamentos psiquiátricos estavam a ajudando.

Um dia, já casada, o marido dela percebeu que Patrícia precisava de ajuda. Quando ela já se via sem alternativa, decidiu bater em uma última porta, justamente a que ela mais desprezava. Quer saber o que mudou na vida de Patrícia depois desse momento? Assista o programa “Entrelinhas”, na íntegra, no Univer Vídeo, do qual ela e o marido participaram.

Como se livrar desses traumas?

Nesse episódio do “Entrelinhas”, Renato e Cristiane Cardoso falam sobre os traumas que bloqueiam a vida de uma pessoa e o que é necessário fazer para sair dessa prisão. Eles explicam que o trauma da alma mexe com a integridade emocional, e nem sempre a pessoa tem consciência de que sofre no presente com algo que aconteceu no passado.

“Muitas vezes, o trauma está dentro da pessoa, da criança, e nem os pais percebem que ela está com um problema. A pessoa segura com ela o trauma, aquela experiência, até porque não sabe e não consegue lidar com isso. Até o dia que começa a mudar e a ter comportamentos diferentes. O que a Patrícia estava sofrendo era um problema espiritual que vinha desde a sua infância.”

O mal do trauma conduziu a vida de Patrícia até o momento em que ela pisou na Igreja. Ao usar as armas da fé, ela conseguiu se libertar desse mal.

“Entrelinhas” no Univer

O “Entrelinhas”, exibido no dia 6 de outubro último, já está disponível na plataforma online Univer Vídeo. Clique aqui e assista ao episódio na íntegra.


  • Michele Roza / Fotos: Cedidas 


reportar erro