Rede aleluia
“Ele está viciado em conteúdos pornográficos”
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 22 de novembro de 2020 - 00:05


“Ele está viciado em conteúdos pornográficos”

“Ele está viciado em conteúdos pornográficos”

Os professores Renato e Cristiane Cardos aconselharam a aluna Eva, do Estado de Goiás, durante o programa Escola do Amor Responde. Eva disse que não sabe mais o que fazer para resgatar o seu casamento.

EVA – Não sei mais o que fazer para resgatar meu casamento. Meu esposo me traiu há quatro anos, durante sete meses. Quando descobri, a traição terminou e continuei com ele, que afirmou que nunca mais me trairia. Entretanto descobri que ele está viciado em sites pornográficos. Eu acho que ele não tem mais jeito. O que devo fazer?

RENATO – Antes de lhe responder, temos que dizer que há quatro anos você descobriu a traição do seu marido, ele prometeu desmanchar aquela relação e nunca mais traí-la novamente.

CRISTIANE – A traição durou sete meses.

RENATO – Não foi uma traição de uma noite. Você esperava que a mudança dele realmente acontecesse, mas o problema continua de outra forma: ele está viciado em pornografia. Na cabeça dele, você nunca foi suficiente.

CRISTIANE – No fundo, ele sabe que não pode mais traí-la, pois você aceitou a traição quatro anos atrás. Por mais que você tenha falado “você não pode me trair” e ele tenha terminado aquele relacionamento, ele a traiu durante sete meses. Não foi simplesmente falar “agora não quero mais”. Você que descobriu a traição, não foi ele que veio lhe contar e confessar que estava arrependido do que estava fazendo. Ele só parou porque você mandou. Todos esses detalhes são muito importantes. A pessoa pensa que o amor que tem pela outra ou que o amor do casal vai superar essas falhas de caráter. Ela fala: “vamos começar do zero”, mas começar do zero não é uma decisão que você toma do nada. Isso não basta. O outro tem que mudar. Por que ele a traiu por sete meses? Ele só parou porque você descobriu, isso é falta de caráter dele, pois ele continuou traindo você com a pornografia.

RENATO – A falta de caráter é um problema sério. Você falou que ele é viciado em pornografia. Esse é um problema sério que ele tem e que o domina. Ele não está em condições de se libertar desse problema sozinho. Ele precisa de ajuda. A questão não é o que você pode fazer para resgatar seu casamento, Eva. A questão é: ele quer tanto quanto você resgatar o casamento? Esta é a pergunta. Note que ele errou.

CRISTIANE – Ele reconhece que tem falta de caráter?

RENATO – Vamos considerar aqui que ele errou quatro anos atrás traindo você e tentou resgatar o casamento. Você fez sua parte, olhou para a frente e buscou a restauração. Ele não apreciou o seu perdão e a nova chance e ainda trai você, agora virtualmente. Quando a pessoa que erra faz menos esforço para salvar o casamento do que a pessoa que sofreu o erro, alguma coisa está muito errada. Quem sofre o erro não tem que trabalhar sozinho ou mais do que o outro. Quem errou tem que trabalhar também porque ninguém erra sozinho no casamento, mas quem foi o vilão principal? Neste caso, o traidor, seu marido, teria que fazer muito mais esforço para mudar e mostrar essa mudança para salvar o casamento. Ele, tanto quanto você, quer resgatar o casamento? Você tem que fazer essa pergunta a ele. Não adianta falar ou prometer: ele tem que buscar ajuda e mostrar atitudes.

CRISTIANE – Existe um site que se chama Vício tem Cura e a Universal tem reuniões para para ajudar as pessoas com vícios a serem curadas. O resultado é grandioso. Em Goiás há reuniões. Acesse o site viciotemcura.com e obtenha mais informações.

RENATO – Nós temos as reuniões dos vícios e as da Terapia do Amor, para que vocês dois trabalhem o casamento. E a condição que você deve impor a ele é: só podemos continuar se você buscar ajuda.


“Ele está viciado em conteúdos pornográficos”
  • Kaline Tascin / Foto: Getty images 


reportar erro