Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 29 de maio de 2020 - 20:19


Ele conseguiu se livrar das drogas com uma atitude

Viver nos vícios e no crime já não fazia mais sentido para Ricardo Silva

Nascido e criado no Rio de Janeiro, Ricardo Silva, de 54 anos, teve sua infância e adolescência marcadas por muita tristeza. Ao se deparar com a separação dos pais, ele começou a enfrentar problemas de saúde.

“Um dia surgiu uma dor de cabeça muito forte, que não passava. Minha mãe me levou a um lugar onde um espírito fez um ritual e minha dor de cabeça passou. Mas, a partir daquele dia, passei a ser a maior dor de cabeça para a minha mãe. Comecei a fumar, cheirar, roubar, e trocar tudo por drogas”, disse.

Daquele dia em diante, Ricardo cresceu no crime, chegou a planejar grandes assaltos.

“Planejei um assalto a uma empresa que produzia ouro, mas no dia combinado não quis ir. Meus colegas foram mortos e outros presos, ali vi que Deus havia me guardado. Uma tia que frequentava a Universal orava por mim. Depois desse processo todo de assaltos e drogas, eu senti vontade de ir até a Universal”, comenta.

Assista ao vídeo abaixo e veja o resultado desta mudança:

Reuniões pela TV, rádio e internet

Se você deseja se libertar também de algum vício, então, acompanhe as reuniões da Universal que estão sendo transmitidas, em tempo real, pela TV UniversalUniver VídeoRede Aleluia de rádio e pelos canais de televisão 21, CNT e Rede Família.

Confira os horários na tabela abaixo:
Domingo 7h, 9h30 e 18h
Segunda-feira 10h, 15h, 18h30 e 22h
Terça-feira 10h, 15h e 20h
Quarta-feira 10h, 15h e 20h
Quinta-feira 10h, 15h e 20h
Sexta-feira 10h, 15h e 20h
Sábado 7h, 10h, 18h (Reunião de Obreiros) e 19h (Curso do Espírito Santo)

  • Sabrina Marques / Foto: Reprodução 


reportar erro