Rede aleluia

Notícias | 2 de janeiro de 2018 - 02:05


Elas decidiram largar o crime

Conheça histórias de mulheres que tiveram as suas vidas transformadas

O Brasil tem a quarta maior população carcerária feminina do mundo. Atualmente, são mais de 42 mil brasileiras presas no País, segundo dados do Sistema Integrado de Informações Penitenciárias (Infopen) divulgados recentemente pelo Ministério da Justiça.

Do total das mulheres presas no sistema carcerário, 62% delas cometeram o crime de tráfico de drogas – enquanto 11% foram presas por roubo. Na maioria das vezes, elas não estão à frente das negociações gerenciando o tráfico, mas estão envolvidas no transporte de drogas, por exemplo, ocupando uma posição coadjuvante no crime, ou são esposas de traficantes.

Mas, quais são os motivos que levam milhares de mulheres a um dia escolherem o crime e se envolverem com o tráfico de drogas? A falta de apoio e base familiar, as más influências, a miséria, um vazio interior a ser preenchido, a busca por prazeres momentâneos?

Vidas transformadas

Conheça a história de algumas mulheres que, antes envolvidas com o crime por diferentes motivações, decidiram conhecer a Deus e tiveram as suas vidas transformadas. Assista ao vídeo abaixo:

Essas mulheres tomaram uma atitude e largaram o crime determinadas a mudar de vida. Quando uma pessoa, de fato, quer ter um verdadeiro encontro com Deus, nascer de novo, ser batizada com o Espírito Santo, ela toma atitudes decisivas para a sua vida.

“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” 2 Coríntios 5.17

Você também quer ver a sua vida transformada e se tornar uma nova criatura? Participe dos encontros na Universal. Clique aqui e veja o endereço mais próximo de sua casa. Se você deseja conversar agora mesmo sobre os problemas que tem enfrentado em sua vida, acesse o Pastor Online. Você receberá um atendimento espiritual imediato.


  • Por Michele Roza / Foto: Thinkstock 


reportar erro