Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 21 de dezembro de 2018 - 08:36


Ela recebeu o mesmo diagnóstico que matou sua irmã: o câncer de mama

A doença representa o principal tipo de câncer em mulheres de todo o mundo. Assista ao vídeo e veja o milagre que aconteceu na vida de Francisca

O câncer de mama representa o principal tipo da doença em mulheres de todo o mundo. Ao mesmo tempo, corresponde a cerca de 25% dos casos novos a cada ano. No Brasil, o percentual é de 29%. A senhora Francisca Lima está presente nesta estatística. Semelhantemente, ela recebeu diagnóstico da doença que matou a sua irmã.
A irmã dela faleceu há 9 anos em decorrência do câncer de mama. Desde então, faz acompanhamento anual com o médico mastologista para prevenção da doença. Contudo, no dia 27 de setembro último, após um exame de mamografia, ela foi diagnosticada com a categoria 4, quando há 20% de chance do câncer e a necessidade de biopsia.
O médico solicitou que repetisse os exames. Cerca de 2 meses depois, novamente o diagnóstico estava confirmado. Foi quando Francisca, que já conhecia os testemunhos de cura pela televisão, decidiu sair de Guarulhos, município da região metropolitana de São Paulo, e viajar 1h30 de ônibus até o Templo de Salomão, no bairro do Brás, zona Leste da capital.

Assista ao vídeo abaixo e veja o milagre que aconteceu na vida dela:

Depois de 15 dias, Francisca recebeu a cura total pela fé. Os últimos exames comprovam a cura. Ela superou até mesmo o pânico e a fobia que sentia ao entrar em ambientes fechados. Era como uma sensação de morte. Achou que não fosse conseguir ficar nem um minuto dentro do Templo com as portas fechadas. Mas, ela também foi curada desse mal.

A cura por meio da fé

Você também foi diagnosticado com uma doença grave, está convalescente, tem sofrido com fortes dores no corpo, ou uma doença que para a medicina não tem cura, ou ainda conhece alguém que precisa de um milagre? Participe, nesta terça-feira, da reunião do Ritual Sagrado no Templo de Salomão, em São Paulo, e receba a cura total por meio da fé.
As reuniões acontecem às 10h, 15h e, em virtude do feriado de Natal, às 18h. O Templo de Salomão fica na avenida Celso Garcia, nº 605, Brás, zona leste de São Paulo. Ou procure uma Universal mais próxima de sua casa.
 


  • Redação / Foto: Reprodução 


reportar erro