Rede aleluia

Notícias | 30 de maio de 2018 - 03:05


Devido à paralisia infantil, Valéria cresceu cheia de complexos e frustrações

Ela conta que se tornou uma mulher fraca, mas algo mudou a sua história. Saiba mais

A primeira luta que Valéria travou foi pela vida, ao nascer, quando foi diagnosticada com paralisia infantil. Internada por oito meses, a sua mãe chegou a ouvir dos médicos que ela não sobreviveria.

Ao longo dos anos, a jovem enfrentou mais problemas, dentre os quais a discriminação das pessoas por ser deficiente física. Ao ir em busca de emprego, chegou a ouvir que não era capaz de ocupar um determinado cargo por causa da sua deficiência.

Valéria conta que se tornou uma mulher frustrada e fraca, chegando a ficar dias trancada dentro do quarto para tentar esquecer os problemas.

A rejeição e as humilhações levaram-na a pensar no suicídio. Mas, Valéria descobriu um caminho capaz de transformar todo esse quadro.

Assista ao vídeo abaixo e saiba o que aconteceu com ela.

Se você também deseja se tornar forte para vencer os problemas, participe de uma reunião na Universal. Clique aqui e encontre o endereço mais perto da sua casa.


  • Por Sabrina Marques / Foto: Reprodução 



reportar erro