Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 2 de julho de 2018 - 03:00


Da pobreza para uma vida de vitórias

O sul-africano Siviwe Chipá cresceu acreditando que Deus não gostava dele. Mas, por meio da fé em Deus, seus pensamentos mudaram, e, consequentemente, sua vida também

Não é de hoje que se ouve falar sobre a situação de pobreza no continente africano. Pessoas que vivem em extrema miséria, crianças desnutridas e epidemias.

Mesmo diante dessa triste realidade, na Universal, muitos têm aprendido a usar a fé em Deus. Foi o caso do senhor Siviwe Chipá, um sul-africano que cresceu acreditando que, por ser negro e pobre, Deus não gostava dele. Mas, em passeio pela Rússia, onde acompanha os jogos da Copa do Mundo, Chipá contou lá na Universal daquele país, como os seus pensamentos mudaram, e, consequentemente, sua vida também. Confira no vídeo abaixo:

E você também deseja ter sua vida transformada? Então, participe de uma reunião em uma Universal mais próxima de sua casa e aprenda como a fé pode mudar a sua situação.

Você também pode participar de uma reunião no Templo de Salomão, clique aqui e veja os dias e horários dos cultos.


  • Por Sabrina Marques / Foto: Reprodução 


reportar erro